Como o tipo de dívida pode influenciar na prioridade de pagamento?

Tempo de leitura: 4 minutos

A cobrança é uma área que cada vez mais depende da utilização de dados para criar seu planejamento estratégico. Informações como o tempo de inadimplência e perfil do devedor, são algumas das variáveis utilizadas para priorizar ou não um contato. Entretanto, em empresas que possuem diversos tipos de vencidos, principalmente nas assessorias de cobranças, sempre surge a seguinte questão: como o tipo de dívida pode influenciar na prioridade do pagamento?

Para entender como cada tipo de débito pode impactar a necessidade de pagamento, é preciso entender um pouco mais sobre qual a importância que um débito tem para o consumidor. Para isso, separamos a seguir 3 principais tipos de vencidos e sua relevância na rotina geral. Confira!

EBOOK DE COBRANÇA - TIPO DE DIVIDA PODE INFLUENCIAR NA PRIORIDADE D

Como cada tipo de tipo de dívida pode influenciar na prioridade do pagamento?

Consumos essenciais (utilities)

Como o próprio nome sugere, as dívidas de consumos essenciais são aquelas sem as quais uma pessoa dificilmente conseguiria viver. Entre elas estão: água, luz e gás.

Este tipo de dívida tem um impacto direto na vida de qualquer consumidor, pois são necessários em toda a rotina diária. Na maioria dos casos, este tipo de débito é enviado para assessorias de cobrança dentro de uma carteira de massificados. Por serem dívidas com consequências a curto prazo, sua incidência não é tão grande quanto as demais. Entretanto, é importante que você consiga identificá-las e priorize este tipo de cobrança. Isso porque, por serem serviços necessários, a chance de quitação em um curto prazo é bastante alta.

Outro ponto muito relevante sobre as chamadas facilities, é que através delas é possível entender o comportamento de um devedor. Se uma mesma pessoa possui, por exemplo, contas de luz em aberto em uma casa na cidade de São Paulo, e você recebe na mesma carteira um débito de financiamento do Rio de Janeiro, é possível confrontar datas e entender qual a localização deste devedor.

Educação

Os débitos de educação são altamente segmentados. Eles podem ser provenientes de escolas infantis, faculdades ou até mesmo de cursos de pós graduação.  Sua importância para o devedor vai variar de acordo com sua situação financeira e até mesmo social.

Se pensarmos do ponto de vista prático, para um estudante universitário, pode ser completamente normal deixar parcelas em atrasos e realizar uma renegociação no fim do semestre. Já no caso de escolas de educação infantil, a chance dos pais deixarem os filhos impossibilitados de frequentar às aulas é bastante baixa. Por isso, é muito importante entender qual a situação do devedor para determinar qual a prioridade de cobrança de cada tipo de dívida.

Uma boa dica para quem trabalha com dívidas de educação, é sempre observar os períodos de rematrícula, onde será necessário realizar um acordo ou quitação. Esse é o melhor momento para garantir resultados mais positivos e com menos tentativas de contato.

Financiamentos e crédito

Os casos mais comuns de inadimplência são também os que menos impactam a vida do devedor. Os débitos relacionados a cartões de crédito, financiamentos e empréstimos, não possuem um peso tão grande na rotina de uma pessoa. Por isso, esse tipo de débito exige mais esforço por parte da cobrança.

Para financiamentos com garantia, seja ela uma casa, um carro ou qualquer outro bem, a preocupação ainda existe por se tratarem de coisas materiais que podem ser perdidas. Entretanto, principalmente para veículos, é preciso deixar muito claro todos os pontos negativos da falta de pagamento e até mesmo de atitudes de má fé como, por exemplo, esconder um veículo para evitar uma busca e apreensão. Lembrar o cliente de que seu histórico financeiro é importante para adquirir novos créditos e um atraso excessivo pode prejudicá-lo no futuro, é uma das armas de persuasão para conseguir um pagamento ou acordo.

Outro ponto muito relevante neste tipo de dívida, é acompanhar o histórico de consultas ao CPF do devedor. Um inadimplente que tenta realizar uma compra ou novo financiamento e recebe uma negativa, pode estar mais disposto a ouvir propostas de acordo e pagamento.

Você já sabe o que é régua de cobrança?

O planejamento estratégico de cobrança envolve algumas variáveis além do tipo de dívida para organizar a rotina de contatos. Após ter uma estratégia definida, existem algumas ferramentas que podem automatizar o processo e otimizar o tempo dos operadores. A régua de cobrança é uma delas. Para saber mais sobre como ela funciona e como aplicá-la em seu negócio, leia o artigo completo aqui.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *