Guia completo sobre o desenvolvimento de pessoas nas empresas

Qual o bem mais valioso de uma empresa? Ao contrário do que muitos pensam, não são os imóveis, os equipamentos ou o produto, mas, sim, o capital humano. Daí a importância de falarmos mais sobre o desenvolvimento de pessoas.

Contar com uma equipe de alta performance e engajada em torno dos objetivos empresariais é um grande diferencial competitivo. Afinal, de nada adianta investir no produto e no marketing se os seus funcionários não souberem atender e conquistar o público.

Os negócios mais atentos às necessidades do mercado já perceberam essa relação e, por isso, estão voltando suas atenções para o seu quadro de funcionários, visando capacitá-los e motivá-los.

Como o objetivo do nosso blog é ajudar sua empresa a crescer, não poderíamos deixar de abordar um tema tão importante. A seguir, você encontrará tudo o que precisa saber sobre o desenvolvimento de pessoas. Continue a leitura e aproveite bem este guia!

Por que investir em estratégias que melhoram o engajamento dos colaboradores?

Você já parou para pensar que o sucesso de um negócio nem sempre está associado à quantidade de funcionários que ele tem? Isso mesmo! Pequenas equipes podem conquistar resultados muito maiores do que um grande grupo.

A resposta para isso está no engajamento. A palavra engajar tem suas origens no termo francês “engager”, que significa “empenhar” ou “dar garantia”. Com essa simples explicação, é possível entender o seu papel no desenvolvimento empresarial.

Engajar e motivar os funcionários é o primeiro passo para que as atividades sejam executadas dentro do prazo e com o maior nível de assertividade. Afinal, processos perfeitos exigem dedicação.

É por esse motivo que o tema vem ganhado uma atenção especial nos últimos anos. Com a evolução do mercado e do próprio comportamento do consumidor, gestores e empresários começaram a perceber que os colaboradores são o coração da empresa.

Quando eles atuam corretamente, os reflexos positivos logo são percebidos. Por outro lado, quando seu desempenho cai, a consequência pode ser o início de um processo que conduz à falência.

Sendo assim, seja qual for o seu ramo de atuação, não deixe de investir em estratégias que melhorem o engajamento de seus colaboradores. Esse é um elemento indispensável à sua sobrevivência e ajuda a solidificar a imagem da marca no mercado.

Como desenvolver as pessoas em uma organização?

Funcionários felizes e engajados são mais produtivos. Essa não é uma mera falácia, pois inúmeros estudos já confirmaram essa conexão. Em geral, um colaborador satisfeito é 12% mais produtivo, vende 37% a mais e consegue ser 3 vezes mais criativo que os demais.

Deu para perceber que deixar o desenvolvimento pessoal de lado pode fazer com que seu negócio deixe de crescer e não aproveite todo o potencial de sua equipe, não é mesmo?

A boa notícia é que não existem segredos quando o assunto é estimular o crescimento de seus funcionários. Aliás, selecionamos algumas dicas que fazem a diferença e que podem ser colocados em prática agora mesmo. Conheça-as!

Seja um bom líder

Você é um líder ou um chefe? Muitos gestores sequer sabem as diferenças que existem entre essas suas figuras e, com isso, prejudicam o clima e os resultados da empresa.

Para conquistar uma equipe de sucesso, é preciso aprender como ser um bom líder. Mas o que isso significa? Em resumo, existem habilidades e características imprescindíveis ao perfil de liderança e que contribuem para o desempenho de todos. São elas:

  • abertura ao diálogo;
  • disponibilidade para ouvir críticas e sugestões;
  • capacidade para delegar tarefas;
  • aptidão para avaliar e elogiar o bom desempenho;
  • foco em resultados;
  • interesse em ampliar seu conhecimento técnico;
  • espírito inovador.

Estabeleça metas reais

Existe um aspecto sobre a motivação que poucos gestores avaliam: ela é interna, ou seja, parte de dentro para fora. Por isso, o colaborador precisa ser estimulado para se empenhar de verdade. Uma das técnicas mais inteligentes para garantir que sua equipe esteja alinhada e caminhe na direção certa é a definição de metas reais e mobilizadoras.

Em outras palavras, os objetivos definidos para cada um de seus funcionários devem fazer sentido, pois eles precisam ver com clareza aquilo que se espera de seu trabalho e entender como isso fará a diferença não apenas para a empresa, mas para eles mesmos.

Uma meta real e desafiadora é o que coloca o setor em movimento, gera discussões positivas, estimula ideias inovadoras e motiva o time a sempre querer mais. Afinal, o céu é o limite!

Meça a produtividade do seu time

Após definir boas metas, é hora de medir a produtividade de seus colaboradores. Isso porque não faz sentido traçar objetivos e não acompanhar de perto os resultados alcançados.

Dentro do ambiente empresarial, existem diversas maneiras de mensurar o desempenho de uma equipe. Uma das mais eficientes é o uso de KPIs e métricas, que são ferramentas de gestão de pessoas que auxiliam no acompanhamento e monitoramento de processos.

A ideia é encontrar maneiras de verificar como sua equipe está se saindo diante das metas previamente traçadas. Dessa forma, você pode identificar gargalos e falhas com mais rapidez e corrigi-los antes que prejudiquem a organização.

Ofereça feedbacks

Outra técnica muito importante para o desenvolvimento de pessoas é a oferta de bons feedbacks, que são uma consequência do processo de avaliação de desempenho e consistem em passar um retorno ao funcionário.

O gestor precisa usar as informações coletadas para repassar à sua equipe orientações específicas e claras sobre o que está bom e o que deve ser melhorado.

O feedback é uma ferramenta imprescindível nesse processo, pois ajuda a manter seus funcionários engajados e produtivos. Mas é fundamental que a mensagem seja repassada da maneira correta, isto é, com empatia, respeito e objetividade.

Não leve para o lado pessoal e deixe claro que o objetivo daquela avaliação é ajudá-los a superar suas limitações e se tornarem profissionais mais capacitados e eficientes.

Faça reuniões de equipe constantemente

O hábito de fazer reuniões é controverso. Há quem diga que elas ocupam o tempo das equipes e podem prejudicar sua produtividade, mas a verdade é que nem sempre é assim.

Reuniões são essenciais para manter os funcionários alinhados. O que acontece é que muitos gestores não sabem quando marcá-las e nem como conduzi-las. Com isso, elas acabam se tornando pouco produtivas e resolutivas.

Uma reunião deve ser útil, ter um tema definido e abordar assuntos que contribuam para o desenvolvimento do grupo. Se você não sabe o que falar, então não marque uma reunião!

De todo modo, é interessante que esse recurso seja implementado à sua agenda. O fato de juntar sua equipe em um mesmo ambiente é interessante e ajuda a melhorar o relacionamento e a comunicação interna.

Crie um plano de carreira

Sua empresa tem um plano de carreira? Caso a resposta seja negativa, é importante investir nesse documento, pois ele demonstra as chances de crescimento do funcionário dentro da organização.

Quando nós sabemos o que podemos alcançar, nos empenhamos mais pelos nossos objetivos, não é verdade? Por isso, mostre à sua equipe os caminhos e as metas que a ajudarão a guiar o seu crescimento profissional.

Lembre-se de informar os cargos, vencimentos, benefícios e, claro, os resultados necessários para subir de patamar dentro da empresa. A ideia é deixar claro que o negócio valoriza seus esforços e está disposto a recompensá-los.

Aposte em parcerias de sucesso

Está em busca de aumento de produtividade? Nesse caso, não se pode ignorar o importante papel desempenhado pelos parceiros empresariais.

Isso mesmo! O desenvolvimento de pessoas exige que a empresa atue em conjunto com parceiros que contribuam para um dia a dia produtivo e eficiente. Por isso, terceirize atividades não essenciais, conte com tecnologia e contrate fornecedores de qualidade.

Incentive a participação em cursos, palestras e seminários externos

Um bom funcionário é aquele que sabe que aprender nunca é demais. O mundo está em constante evolução e todas as áreas passam por transformações que devem ser acompanhadas.

Um líder eficiente precisa incentivar seu time a participar de cursos, palestras e seminários externos para que esteja sempre alinhado com as tendências e boas práticas em vigor no mercado.

Um vendedor, por exemplo, pode fazer cursos oratória, técnicas de vendas, imagem pessoal e muitos outros que contribuam para o alcance de suas metas. Sempre que houver esse interesse, incentive, elogie e recompense tal comportamento.

Invista em soluções que otimizem o tempo do colaborador

O tempo é um bem muito valioso no dia a dia de uma empresa. Por essa razão, você deve investir em ferramentas que simplifiquem a execução das tarefas e melhorem as condições de trabalho de seus colaboradores.

A estratégia é reduzir o tempo gasto com atividades meramente burocráticas e permitir que a equipe tenha condições de ser criativa e mais produtiva. Pense bem: se você tem talentos em seu negócio, é preciso aproveitá-los, não é mesmo?

Empreendimentos de sucesso sabem disso e investem em softwares de gestão, sistemas para análise de crédito, sistemas de vendas e até redes sociais internas. Tudo que gera um aumento do desempenho é bem-vindo.

Treine a sua equipe

Ainda que sua equipe de Recursos Humanos seja eficiente e consiga recrutar bons funcionários, o aperfeiçoamento constante é preponderante para o sucesso do negócio.

Portanto, nossa última dica está relacionada aos treinamentos. Eles precisam fazer parte do cotidiano empresarial e englobar o maior número de atividades. Afinal, quanto mais capacitado for o colaborador, melhores serão os resultados alcançados.

Quais as vantagens de oferecer treinamentos em uma empresa?

Você percebeu que a capacitação é uma técnica fundamental para o desenvolvimento pessoal de seus colaboradores. Mas, afinal, qual a importância do treinamento de equipes dentro de uma empresa?

Sem dúvidas, esse processo exerce um papel fundamental na performance corporativa e, exatamente por isso, merece um destaque especial.

Muitos gestores ainda não trabalham com um calendário de treinamentos e deixam de desfrutar de benefícios importantes. Quer saber quais são eles? Confira!

Aumento da produtividade

É fato. Profissionais capacitados conseguem desenvolver suas funções com mais agilidade e qualidade. Além de se sentirem mais confiantes para realizar as tarefas, a motivação é um fator essencial para que haja uma redução de erros e aumento da produtividade. Fazer mais, melhor e em menos tempo é uma consequência direta das capacitações.

É por essa razão que os treinamentos não podem ser encarados como gastos, mas, sim, como investimentos. Tudo que é direcionado a esse processo retorna em eficiência, qualidade e rapidez no atendimento e na execução dos processos.

Retenção de talentos

Em um mercado altamente competitivo, as organizações que contam com um time de alta performance desfrutam de uma grande vantagem. Afinal, o capital humano é o responsável por executar os processos com eficiência e conquistar a satisfação da clientela.

Nesse sentido, um dos benefícios dos treinamentos é a retenção dos talentos, pois o profissional contemporâneo valoriza empresas que se preocupam com o seu crescimento e aperfeiçoamento.

Trabalhar em um lugar que incentiva e investe sua capacitação é muito bom, não é mesmo? Essa é uma maneira de assegurar que os melhores colaboradores sejam atraídos para a sua equipe e permaneçam em seu quadro de funcionários.

Aliás, durante o recrutamento e seleção, é interessante destacar esse ponto positivo de seu negócio. Ou seja, dê motivos para que escolham trabalhar com você, e não com a concorrência!

Diminuição do absenteísmo

O absenteísmo (ou a recorrência de faltas) é um verdadeiro vilão para a produtividade empresarial, mas pode ser reduzido com boas estratégias, entre elas a promoção de capacitações.

Se você tem o hábito de acompanhar os índices de faltas e atrasos de seus colaboradores, deve ter percebido o quanto isso pode prejudicar seus resultados. Alguns casos são justificáveis, mas outros estão associados a um problema muito maior no clima organizacional.

O colaborador que não gosta de trabalhar em uma empresa, não se sente valorizado e enfrenta dificuldades para se relacionar com seus colegas e chefes começa a faltar com frequência cada vez maior.

Essa ausência pode ser enfrentada com o fortalecimento da cultura da empresa e, claro, valorização profissional. Em síntese, é preciso dar motivos para que sua equipe queira participar ativamente do desenvolvimento do negócio.

Redução de custos

Precisamos destacar que os treinamentos contribuem para uma redução de gastos importante dentro da empresa. Como você sabe, os erros e atrasos na execução das atividades podem desencadear a perda e o desperdício de dinheiro.

Imagine que um funcionário não fez uma análise de crédito segura e, assim, acabou contribuindo para o aumento da inadimplência. Na prática, ele vendeu, mas o capital não entrou nos caixas da empresa.

Isso é evitado quando a equipe é treinada para avaliar melhor a situação, sabe analisar o score de crédito, os dados pessoais e financeiros do cliente e, claro, está atenta às fraudes que acontecem no mercado.

Diminuição da taxa de turnover

Precisa reduzir o turnover em seu negócio? Aposte nos treinamentos! Infelizmente, esse ainda é um grande desafio para muitas empresas — especialmente as que atuam no mercado de call center.

Quando o funcionário não se sente valorizado e não percebe os benefícios de trabalhar em um lugar, ele abandona a empresa na primeira oportunidade que aparece. Essa rotatividade, além de representar mais custos, afeta a produtividade de todo o time e prejudica sua imagem no mercado.

Por outro lado, os treinamentos oferecidos ajudam a mudar esse panorama. Na prática, você está deixando claro para sua equipe e para os colaboradores que queiram trabalhar em seu negócio que essa é uma decisão vantajosa.

Melhoria do clima organizacional

Uma organização que se preocupa em capacitar seus colaboradores passa uma mensagem muito clara: eles são protagonistas no processo em busca do sucesso empresarial.

O mercado é como um jogo de xadrez e, quando você mostra ao funcionário que ele é uma peça fundamental e precisa estar preparado para os desafios do cotidiano, consegue alcançar algo que muitas empresas buscam: um bom clima organizacional.

Quanto mais importante ele se sente, melhores serão os seus resultados e os relacionamentos interpessoais. O diálogo flui melhor, as metas passam a ser mais coerentes, o engajamento cresce e a marca se torna uma referência como um bom lugar para se trabalhar.

Fortalecimento da imagem da empresa no mercado

Tudo o que foi citado anteriormente gera um reforço positivo à imagem da empresa. Todo empreendimento que visa se destacar no mercado deve investir no desenvolvimento de pessoas, e isso, certamente, gera uma vantagem competitiva.

Com bons funcionários, você será capaz de superar as expectativas do cliente, realizar um atendimento de excelência e se tornar líder entre seus concorrentes.

É a busca contínua por aperfeiçoamento e desenvolvimento dos procedimentos e dos colaboradores que garantirá os resultados esperados. O seu sucesso depende disso, então não ignore esse fator.

Treinamentos empresariais: em quais você deve investir?

Agora que você já entendeu tudo o que pode ganhar com a promoção de treinamentos de equipe, que tal conhecer os tipos de capacitações que seu negócio pode (e deve) oferecer aos seus colaboradores?

A ideia desses procedimentos é desenvolver talentos e estimular a criatividade do seu time em prol das metas estabelecidas. Por isso, é interessante que você os conheça melhor. Confira!

Desenvolvimento de habilidades

Todas as pessoas nascem com habilidades, mas isso não significa que elas não devem ser aperfeiçoadas. O objetivo do treinamento de desenvolvimento de competências é exatamente este: ampliar o potencial de sua equipe.

Quando eles passam a integrar suas estratégias, os empregados se tornam mais eficientes, produtivos e proativos, pois terão mais condições de avaliar situações e tomar decisões rápidas e inteligentes diante de problemas e desafios do cotidiano.

Capacitação de comunicação e linguagem

A comunicação é um elemento indispensável para o crescimento empresarial. Seja no contato interno entre os colaboradores, seja no atendimento ao público, ela faz toda a diferença.

Diante disso, você deve investir em capacitações de comunicação e linguagem, o que resultará na melhoria dos processos e na qualidade do contato interno e externo. Afinal, seus colaboradores estarão prontos para conversar e expor ideias e propostas com clareza e precisão.

Já imaginou o quanto isso pode ser vantajoso em um processo de negociação? Quanto melhor a capacidade de comunicação de um vendedor, mais chances dele tem de conquistar o cliente e convencê-lo a comprar.

Desenvolvimento de lideranças

Os líderes também precisam de capacitação. Isso mesmo! Algumas empresas focam em treinamentos para a equipe e deixam os cargos de gestão em segundo plano, o que pode inviabilizar o alcance de bons resultados.

Com o desenvolvimento de lideranças, a organização garante que seus gestores estejam prontos para administrar seus colaboradores, conduzindo-os para o alcance das metas propostas. Nesse caso, diversas questões podem ser trabalhadas, como:

  • delegação de tarefas;
  • avaliação de desempenho da equipe;
  • apresentação de feedbacks produtivos;
  • análise de perfil e habilidades dos funcionários;
  • uso de tecnologias e softwares de gestão de equipes.

Capacitação para manuseio de ferramentas empresariais

Esse é um tipo de treinamento que visa extrair todo o potencial das ferramentas empresariais. Afinal, de nada adianta investir em tecnologia se a sua equipe não souber manuseá-las adequadamente.

Dessa forma, por meio de treinamentos agendados, o grupo é apresentado aos recursos e aprende e usar todas as funções disponíveis. Durante uma análise de crédito, por exemplo, é possível usufruir de tecnologias que simplifiquem a confirmação dos dados apresentados e ajudem a tomar uma decisão segura e vantajosa para a empresa.

E então? O que achou das informações e dicas apresentadas ao longo do post? A nossa intenção foi produzir um guia completo sobre o desenvolvimento de pessoas, pois essa ainda é uma dificuldade comum no universo empresarial.

Mas, como ficou demonstrado, capacitar uma equipe é uma decisão estratégica. Os benefícios proporcionados por esse processo são decisivos para o crescimento do negócio, principalmente no que se refere à melhoria do clima organizacional, aumento da produtividade e atração e retenção de talentos.

Por isso, independentemente do porte de sua empresa ou do orçamento disponível para os treinamentos, não deixe de incluir o desenvolvimento de pessoas em seu planejamento. Esse pode ser o seu grande diferencial competitivo!

Sua equipe está desmotivada? Aprenda a superar esse problema!

Acreditar em seu potencial é a força que faz com que um funcionário alcance todos os seus objetivos. No entanto, isso só acontece quando a empresa trabalha para mantê-lo motivado. Clique aqui e conheça 6 dicas infalíveis para estimular sua equipe a querer sempre mais!

Deixe uma resposta