Entenda agora mesmo sobre o seguro de crédito

Assertiva Day Banner Assertiva Day Banner

Você sabe o que é um seguro de crédito? Para enfrentar o risco da inadimplência, as empresas precisam ser estratégicas e operar de maneira planejada — e aprender a lidar com situações que afetam as finanças do negócio é o primeiro passo para alcançar o sucesso.

Segundo o Sindicato das Seguradoras, 65% das empresas que contratam esse tipo de seguro no Brasil são multinacionais, um indicador de que muitos gestores ainda não conhecem bem seus benefícios e de que essa pode ser uma forte tendência para os próximos anos.

Como nosso blog está sempre buscando novidades, dicas e informações que contribuem para o crescimento saudável da sua empresa, preparamos este post. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é seguro de crédito?

O seguro de crédito é uma apólice destinada a proteger as empresas dos impactos provenientes da inadimplência. Para que isso aconteça, ele prevê uma indenização ao negócio sempre que o cliente deixa de honrar com seus compromissos.

Essa modalidade de seguro é muito útil para as empresas contemporâneas e pode ser contratada para operações internas e, também, para resguardar as transações relacionadas à exportação.

Vale destacar que a seguradora e o segurado (sua empresa) assinam um termo de confidencialidade. O cliente não pode ter ciência da existência da apólice, já que isso poderia prejudicar os negócios e estimular os maus pagadores.

Como funciona o seguro de crédito?

Você já fez um seguro para carros? Nesse modelo, você paga um valor anual e garante que possíveis despesas provenientes de acidentes, por exemplo, sejam pagas pela seguradora. Assim, em caso de colisão, você não precisará desembolsar uma quantia para arcar com o conserto.

No seguro de crédito, a situação é bem parecida. A empresa contrata a apólice e fica protegida caso o cliente deixe de pagar as parcelas. Desse modo, os prejuízos são mitigados e a concessão de crédito se torna menos arriscada.

Em outras palavras, ele funciona como um seguro para carros. Porém, o sinistro em questão não é uma colisão, mas sim a inadimplência, que pode representar um grave problema para a saúde financeira do negócio.

Quais os tipos de apólice que sua empresa pode contratar?

Conforme mencionamos, a empresa pode contratar uma apólice para operações internas ou para exportações. Isso, obviamente, depende da necessidade e porte do negócio, já que quanto maior a empresa, mais complexas e arriscadas são as suas transações.

Em relação ao seguro interno, é interessante que você conheça as modalidades existentes no mercado:

  • riscos comerciais;
  • quebra de garantia;
  • operações de consórcio;
  • operações de empréstimo hipotecário;
  • operações de arrendamento mercantil — leasing.

Perceba que diferentes riscos podem ser cobertos com a contratação de um seguro de crédito. A ideia é operar de maneira mais segura e planejada, evitando que os devedores prejudiquem exageradamente o funcionamento do negócio.

Quais as vantagens de um seguro de crédito?

Como gestor, você sabe que todas as decisões precisam ser tomadas com base em estudos e planejamento. Afinal, todo capital investido precisa ser justificado e trazer benefícios reais para a empresa.

A contratação de um seguro de crédito é uma decisão inteligente e tem um ótimo custo-benefício. Confira as suas principais vantagens!

Aumento das vendas

Uma empresa que contrata essa apólice atua com mais segurança no mercado, o que permite que implemente estratégias de vendas mais arrojadas e invista na atração e fidelização de clientes.

É claro que não falamos de uma atuação irresponsável e sem uma boa análise de crédito. Na verdade, o seguro é uma tranquilidade a mais para operar, planejar e administrar a empresa. Sem a pressão da inadimplência, é possível conquistar resultados mais expressivos.

Redução de gastos com cobrança

O processo de cobrança pode ser caro, demorado e complexo e isso acaba prejudicando ainda mais o negócio. Afinal, além do prejuízo causado pela dívida, há todo um esforço para recuperar o dinheiro.

Por outro lado, com um seguro de crédito ativo esses processos se tornam cada vez menos recorrentes na empresa. Depois de esgotadas as tentativas de cobrança amigável, o prejuízo é coberto e a seguradora passa a acompanhar o processo.

Maior qualificação dos clientes

Em geral, quando há um seguro de crédito ativo, a análise de crédito se torna mais eficiente e precisa. É comum que a própria seguradora participe da avaliação e qualificação do cliente, definindo limites individuais de riscos para os devedores.

Lembrando que o processo não se encerra com essa análise. O indivíduo é monitorado durante toda a vigência da apólice. Isso permite que alterações financeiras e de comportamento no mercado sejam identificadas com mais agilidade pela empresa.

Redução de riscos mais eficiente

Diante da complexidade das relações comerciais de uma empresa, seja com vendas ao consumidor final ou a outras empresas, a gestão de riscos é uma estratégia essencial para sua sobrevivência.

Atuar sem planejamento e atenção a situações críticas é um erro considerável, porém a contratação de um seguro de crédito pode minimizar o problema. Com a apólice em vigência, sua empresa conseguirá mitigar os riscos de maneira muito mais eficiente.

Maior equilíbrio financeiro

Por fim, não há como deixar de mencionar que o seguro de crédito favorece o equilíbrio financeiro dos credores.

Quanto maior a inadimplência, mais dificuldades a empresa tem para funcionar. Com o tempo, o desequilíbrio no fluxo do caixa começa a atingir diversos setores, impossibilitando que suas próprias responsabilidades sejam honradas, como os salários dos funcionários e o pagamento de fornecedores.

Ter uma apólice vigente é uma forma de evitar que essas situações aconteçam, garantindo à empresa uma operação estratégica e competitiva no mercado.

Você já parou para pensar nos diferenciais de uma empresa de sucesso? Em geral, fatores como um bom produto/serviço, investimentos em marketing e relacionamento com o cliente estão sempre presentes, mas há um aspecto que pode passar despercebido: a diminuição dos riscos.

Em um mercado cada vez mais globalizado e com economias instáveis, é preciso pensar e investir na análise de crédito e de riscos na mesma proporção das estratégias de vendas. Não basta vender muito — é preciso receber e, nesse caso, não há dúvidas de que o seguro de crédito pode ajudar você a superar os obstáculos e crescer de maneira saudável.

Veja como reduzir os riscos na concessão de crédito para empresas!

As empresas são clientes importantes para o sucesso de um negócio, já que o volume e a periodicidade das transações costumam ser maiores. Apesar disso, é preciso ter cautela e avaliar com atenção o risco de inadimplência. Clique aqui para saber mais sobre a consulta do CNPJ!

Deixe uma resposta