Mídia externa é a publicidade feita fora da casa dos consumidores, ou seja, aquelas que estão nas ruas, ao ar livre. Outdoors, painéis luminosos e anúncios em pontos de ônibus são alguns exemplos desse tipo de divulgação. Esses canais causam grande impacto no público e fixam melhor a mensagem transmitida, além de serem opções mais baratas.

E é isso que queremos te mostrar neste texto: como aproveitar ao máximo as vantagens da mídia exterior para sua empresa.

Além disso, também respondemos perguntas sobre quando e em quais tipos de mídia externa investir. Se, em geral, essas são suas dúvidas, então este texto vai iluminar suas ideias!

Boa leitura!

Mídia OOH, mídia exterior, Out Of Home ou mídia externa?

São muitas nomenclaturas para memorizar, mas saiba que todas elas significam a mesma coisa.

Mídia OOH é a forma mais curta de mídia Out Of Home. Se traduzirmos para o português, temos mídia fora de cara, ou seja, externa. É assim bem fácil mesmo, mas gostamos de começar essa conversa com todo mundo na mesma página. 

Então podemos definir a mídia externa como aquela que impacta o público que está fora de casa. Nesse caso, são as pessoas que passam pelo anúncio e não ao contrário, como acontece na televisão, por exemplo.  

É preciso, então, um conjunto de imagens, cores e textos que sejam não só chamativos, mas também criativos. Afinal, são poucos segundos para conseguir a atenção daquelas pessoas em trânsito. 

Por fim, um outro termo pode aparecer também em suas buscas:

  • Mídia DOOH

Sabe aqueles anúncios que vemos em monitores ou telas digitais em mercados, aeroportos, metrôs e clínicas? São as chamadas mídia externas digitais, ou Digital Out Of Home (DOOH). Elas podem ser interativas ou não, e estão cada vez mais inseridas no nosso dia a dia.

Você mesmo já deve ter percebido como as marcas têm aproveitado esse espaço digital. A briga para atrair a atenção do público de determinado ponto é boa, não é mesmo?

Quais os tipos de mídia externa? 

Além dos conhecidos outdoors, existem diversos tipos de mídia externa. Aqui separamos os principais e mais comuns em estratégias de diferentes segmentos.

Nossa ideia é mostrar como outras empresas usam o Out Of Home para nos inspirarmos. Mas isso não significa que as estratégicas não servem para outros tipos ou tamanhos de empresa, ok?

  • Outdoor 

Apesar de ser bem conhecido, nem todo mundo sabe que o outdoor tem um tamanho padrão. São 3 metros de altura e 9 de largura.

Eles chamam tanta a atenção de quem está passando no local que é impossível não atingir o público-alvo. Afinal, não é como uma propaganda na televisão ou um anúncio na tela do celular que você pode simplesmente pular.

A produção é geralmente feita em papel, o que pode ser uma boa estratégia de mídia para campanhas curtas. A negociação é feita de 14 em 14 dias de exposição, até porque o material não tem uma durabilidade maior que isso.

  • Frontlight

O frontlight é uma mídia exterior parecida com o outdoor, com a diferença de que é um painel com luz frontal. Neste caso, as medidas podem variar.

Se você reparar, esse é um tipo bastante usado em rodovias e avenidas, ganhando mais destaque à noite. São usadas lonas com impressão digital e que, justamente pelo tamanho e grande visibilidade, precisam ter alta qualidade e resistência.

  • Backlight

A ideia do backlight é a mesma do frontlight, ou seja, um painel luminoso. Mas aqui as luzes que dão destaque ao anúncio vêm de trás da lona, como se fossem internas.

Assim, a lona produzida para esse tipo de mídia externa deve ser translúcida.

  • Empena

Sabe aquelas mídias externas em laterais de prédios? São as empenas. Elas ficam em paredes cegas de um edifício e podem ser muito maiores do que outdoors.

De longe é possível identificar a mensagem desse tipo de anúncio, podendo-se alcançar e impactar pedestres e motoristas.

  • Busdoor

Existem diferentes maneiras de usar veículos para transmitir a mensagem de uma marca. É bastante comum ocupar a parte de trás, a interna e as laterais de ônibus com publicidade.

O impacto é alto porque é uma mídia que está em constante movimento e circula por diversos pontos de uma cidade.

Uma outra possibilidade é o envelopamento todo do veículo com a identidade e/ou a mensagem da sua marca.

  • Painéis digitais e telas interativas

Os exemplos de mídia DOOH vão desde monitores em elevadores de empresas até grandes telões de shows e aeroportos.

O mais legal desse modelo é que você consegue atingir uma enorme quantidade de pessoas de maneira ainda mais criativa. Vídeos curtos, animações, telas interativas ou o uso de QR codes, vale tudo para chamar a atenção do seu público!

Veja no próximo tópico as vantagens da mídia externa em suas estratégias.

4 vantagens da mídia exterior para a publicidade da sua empresa 

E afinal, o que se ganha investindo em mídia externa em relação às outras? Listamos as 4 principais vantagens para o seu negócio. Veja:

1) Grande capacidade de fixação da mensagem

Mídias como outdoors, empenas ou frontlights geram familiaridade em seu público. É só pensarmos que a maioria das pessoas passa em determinado ponto da cidade por causa de uma rotina.  

Ou seja, todos os dias as pessoas são impactadas pela mesma mensagem, criando um laço com a marca, ainda que inconscientemente. Essa persistência facilita que as pessoas relacionem o anúncio ao produto/marca.

Faça o teste com suas próprias experiências: em quem você confiaria mais para fazer uma compra? Em uma marca que nunca ouviu falar ou em outra que você tem uma lembrança de algum lugar? Bingo!

2) Valor mais acessível que meios tradicionais

Isso certamente é importante para o seu negócio. Então, saiba que se pensarmos em ROI (retorno sobre investimento) podemos ter resultados bem positivos. Isso porque o índice de recall de campanhas de mídia externa é alto.

É claro que os preços podem variar de uma cidade para outra ou até mesmo em bairros diferentes da mesma região. Mas ainda assim o custo-benefício pode compensar para sua empresa, devido ao alto impacto a um público certeiro.

3) Alto impacto no público

Uma mídia externa criativa pode impactar seu público-alvo seja pelas mensagens objetivas, seja por boas sacadas combinando texto e imagem.

Existem diferentes gatilhos mentais para captar a atenção das pessoas para que ninguém passe despercebido pelo anúncio. A posição, as cores, o formato da mídia, tudo vai influenciar nesse impacto.

E saiba que esse alcance pode ser ainda maior quando o conteúdo da marca “viraliza”. Quando sua ação gera comentários positivos, é a sua marca/ produto que ganha o que chamamos de buzz marketing

4) Alcance de público amplo ou específico

A localização da sua mídia externa é determinante. Ela indicará quem vai ver seu anúncio. E isso é possível graças ao geomarketing.

A partir de dados reais, você consegue direcionar sua campanha de acordo com o seu objetivo. Negócios locais que queiram atingir um público específico do bairro podem fazer um anúncio próximo a seu ponto de venda.

Enquanto isso, marcas com o desejo de atingir um público nacional podem pensar em pontos de trânsito lento das grandes capitais.

Quando uma empresa deve investir em mídia externa?

O ideal de um investimento em mídia externa é que esteja atrelado também a outras estratégias. É o mix do on e do offline que faz a mágica acontecer!

Conhecendo a localização, quem se deseja atingir e o que se espera do público, tudo é possível. Por isso, tenha o máximo de informações em mãos. Isso vai te ajudar a não desperdiçar dinheiro.

Veja algumas ideias de uso da mídia externa:

# Lançamento de produtos/ serviços

  • Crie expectativa no público com uma mídia externa semanas antes do lançamento (ex.: “vem aí”)
  •  Indique o caminho até sua loja (ex: vire na próxima direita)
  • Aproveite os momentos de espera do público em metrôs e pontos de ônibus para falar mais sobre seu novo produto

# Inauguração de loja

  • Ofereça um desconto usando QR Codes em telas digitais
  • Convide seu público com um backlight no começo da avenida em que está localizado
  • Use ônibus com linhas que circulam pela região específica da cidade para impactar um público maior

# Reconhecimento e fortalecimento de marca

  • Pense em anúncios criativos que mostrem a personalidade da sua marca
  • Acompanhe uma parte do caminho do público com uma sequência de anúncios
  • Aproveite recursos da estrutura para criar o anúncio como uma extensão do local (ex: usar o metal da estrutura como a continuação de uma palmeira) 

# Promoções

  • Use imagens do produto para gerar desejo
  • Foque nos descontos e ofertas
  • Crie maneiras divertidas de explicar ao público uma nova forma de pagamento

Com certeza em algum momento da comunicação da sua marca a mídia externa vai ser uma grande aliada. Nossa dica então é sempre estar de olho no que o mercado está criando. Ter referências é o primeiro passo para se sair bem, e o segundo é planejar com informações de qualidade.

Não saia sem saber como usar a geolocalização a favor das suas vendas!

Como conversamos neste texto, informações sobre seu público são chave para o sucesso da sua campanha de mídia OOH. Saiba então como usar a geolocalização a favor do seu negócio!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar