Não é novidade dizer que a prevenção à fraude deve ser tratada como uma das prioridades na gestão, não é mesmo?

Apesar disso, um estudo da consultoria KPMG apontou que menos da metade dos representantes do varejo gerencia riscos, o que inclui o combate e a eliminação de ações mal-intencionadas.

Mais importante que apenas reduzir os prejuízos causados pelo comportamento antiético de funcionários ou clientes é antecipar-se às perdas, antes que a fraude aconteça.

Se você quer saber como evitar o prejuízo, continue a leitura e saiba como podemos ajudar!

Faça a otimização na análise de crédito

Entre as diversas modalidades de fraude, a inadimplência é a que mais gera perdas para os varejistas.

Embora ela nem sempre seja intencional, é fato que atrasos nos pagamentos representam um grande desafio para qualquer negócio.

Considerando que os clientes que deixam de cumprir seus compromissos ameaçam a lucratividade, é fundamental ter o apoio de ferramentas de consulta de crédito. Assim, sua empresa evita vender para quem não pode ou não quer pagar.

Uma boa análise de crédito envolve as seguintes iniciativas:

  • consulta ao histórico do cliente;
  • verificação de anotações em outros órgãos de proteção ao crédito;
  • verificação de documentos;
  • relação entre renda e gastos mensais do consumidor;
  • verificação de status na Receita Federal (quando o cliente for Pessoa Jurídica).

Use ferramentas de automação

Diante das múltiplas possibilidades de detecção de um potencial devedor, é muito importante contar com soluções tecnológicas confiáveis e que consigam realizar o cruzamento de dados do cliente.

Em alguns casos, um mau pagador apresenta bons indicadores em quase todos os quesitos, mas basta apenas uma análise negativa em um deles para comprometer sua capacidade de pagar.

Uma boa solução é a ferramenta Crédito Mix, da Assertiva! Além de analisar o crédito, ela ainda oferece um sistema diferenciado.

Trata-se de uma pontuação extraída com base no histórico de relacionamento do cliente com o mercado.

Se no último ano o consumidor tiver apresentado comportamento que o qualifique como inadimplente, sua empresa será alertada.

Essa mesma análise pode ser feita para os últimos três meses, se você preferir. Isso significa mais segurança para seus processos e resultados exatos ao analisar pedidos de crédito em seu estabelecimento.

Tenha um banco de dados atualizado

Um dos recursos fundamentais para vender apenas para bons pagadores é consultar um banco de dados confiável.

É nele que sua empresa deverá armazenar as principais informações sobre os seus clientes. Não menos importante, é dele que você deverá extrair a informação sobre o histórico de pagamentos para evitar vendas para quem não poderá arcar com seus débitos.

Sendo assim, é imprescindível contar com recursos que garantam um banco de dados sempre atualizado, concorda?

É essa a principal função do Base Certa, solução da Assertiva para manter o seu cadastro de clientes enriquecido com dados sempre atuais.

A ferramenta parte do CPF ou CNPJ do cliente, fazendo uma autêntica varredura em outros bancos de dados abertos à consulta.

Assim, de forma automática, seu negócio terá à disposição informações realmente úteis. É uma boa ideia, não acha?

Invista em tecnologias de verificação

O uso de cartões de crédito é uma das principais preocupações, seja nas compras em lojas físicas, seja nas virtuais.

A pesquisa Global Consumer Card Fraud 2017 apurou que, para 32% dos consumidores brasileiros entrevistados, a maior preocupação, ao fazer compras, é ter seus dados roubados por hackers mal-intencionados.

O segundo receio, confirmado por 20% das pessoas, é o envio de números de contas bancárias ou de cartões em compras online.

Essa preocupação tem fundamento, afinal, a clonagem de cartões no Brasil está evoluindo a passos largos, como aponta a desenvolvedora de antivírus Kaspersky.

Um dos problemas recorrentes no varejo é o chamado golpe da maquininha de cartão de crédito.

Duas possíveis soluções para evitá-lo são aderir aos pagamentos via Transferência Eletrônica de Fundos (TEF) ou fazer conciliação automática de recebíveis.

No último caso, sua empresa precisará de um sistema que cubra as operações de retaguarda em seu ponto de venda, o que só é possível se você tiver um sistema de gestão de negócios integrado (ERP).

Investir em tecnologias é fundamental para a prevenção de ataques digitais e também para garantir que seus dispositivos para pagamentos estarão livres de adulterações. Avalie seu negócio e encontre a melhor opção.

Consulte o CNPJ da empresa

As fraudes acontecem também em transações comerciais entre organizações diferentes. Em empresas que negociam com outras empresas, por exemplo, a perspectiva de ganhos altos em poucas operações fraudulentas atrai pessoas mal-intencionadas e preocupa os gestores.

Em alguns casos, são criadas empresas de fachada, com o intuito apenas de fechar negócios, receber os valores e então desaparecer.

Outra estratégia dos estelionatários é apropriar-se de domínios empresariais inativos, para dar às vítimas a falsa percepção de que a empresa existe.

Uma opção para evitar esse tipo de armadilha é consultar o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ).

Essa consulta, por sua vez, pode ser feita dispensando o sempre incômodo “captcha”, utilizado como barreira para evitar ação de robôs.

Para isso, basta que sua empresa conte com soluções como o Foco Fiscal ou o Crédito Mix, que simplificam as consultas de números no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas.

Lembre-se de que todo tempo ganho na hora de avaliar a idoneidade de uma empresa é precioso.

Sendo assim, toda ferramenta que seja útil para agilizar processos é bem-vinda. A tecnologia é, portanto, a melhor resposta para poupar tempo e aumentar a eficiência.

A prevenção à fraude no varejo vai depender da sua atitude em relação às pessoas que vão se aproximar do seu negócio.

Seja qual for o tipo de proposta que for oferecida a você, zele pelo bom atendimento e tenha sempre um plano B para afastar os fraudadores.

Conte com o apoio de uma empresa confiável!

E você, já sabe o que vai fazer para garantir a segurança do seu comércio? Além do Crédito Mix e Base Certa, temos outras ferramentas que podem ser de grande ajuda para proteger o seu capital. Clique aqui para entrar em contato e conhecer de perto nossas soluções!

0 Shares:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar