Como a certificação ISO 27001 ajuda na segurança da informação?

Como a certificação ISO ajuda na segurança da informação
Como a certificação ISO ajuda na segurança da informação

A segurança da informação, assunto que há pouco tempo se restringia a círculos mais restritos na área de TI, tem ganhado espaço em reuniões envolvendo altos escalões executivos de empresas, preocupados em desenvolver processos que garantam a privacidade de dados, previnam ataques e assegurem o desenvolvimento do negócio, o que torna muito importante o debate acerca da certificação ISO 27001.

Neste artigo, iremos esclarecer os pontos centrais dessa norma de segurança internacional e a sua importância para o armazenamento e gestão de dados.  

O que é a certificação ISO

A certificação ISO (International Organization for Standardization) — ou Organização Internacional de Normatização —, é o processo pelo qual uma empresa é avaliada com a finalidade de verificar se atende a padrões internacionais exigidos no seu nicho de atuação, sendo que, no Brasil, a responsável pelo procedimento é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O que é segurança da informação?

A informação é um dos bens mais preciosos da atualidade. Empresas de todo o mundo, como as gigantes Facebook, Google, Apple, entre outras, utilizam as informações de milhares de usuários para entender seu público e direcionar seus negócios.

Mas se antes era restrito às gigantes da tecnologia, hoje o tratamento de dados é realizado por empresas de todos os tamanhos e segmentos e, tendo em vista a relevância e importância do tema, a segurança da informação se tornou primordial para a boa manutenção dos negócios.

Isso porque é ela quem permite a proteção de informações contra vazamentos e divulgações não autorizadas, garante a integridade de dados para que permaneçam sempre confiáveis — evitando perdas de informações importantes —, como também garante que esses dados estejam sempre disponíveis quando necessário.

ISO 27001

A ISO 27001 é a norma de referência internacional para criação de um modelo padrão de boas práticas de segurança da informação.  Também conhecida como ISO/IEC 27001, o principal objetivo dessa norma é estabelecer, implementar, operar e monitorar os procedimentos e sistemas de segurança de uma empresa. 

Tal certificação prevê a adoção de um modelo adequado de estabelecimento, gestão, implementação, operação, monitoramento e revisão de Sistemas de Gestão de Segurança da Informação (SGSI), com o principal objetivo de mitigar e gerir adequadamente o risco presente nas empresas.

A importância da adoção dessas práticas tem feito com que determinadas organizações exijam que seus parceiros ou fornecedores possuam a certificação, de forma a proporcionar a eles e a seus clientes um nível extra de conforto em relação à segurança da informação, além de demonstrar que prezam pela proteção de dados.

No mundo todo, milhões de empresas utilizam as práticas de processos e controles documentadas na ISO 27001 e usufruem de seus benefícios, havendo a possibilidade de que se tornem certificadas, passando a demonstrar às demais empresas que cumprem os requisitos constantes na norma de forma idônea.

Benefícios SGSI da certificação ISO 27001

A implementação da certificação ISO 27001 é capaz de proporcionar benefícios relevantes para as organizações, pois a adoção de seu código de práticas não apenas proporciona uma melhora na gestão de riscos da empresa, mas também demonstra seu alto nível de maturidade em relação à segurança da informação.

Além disso, diversos outros benefícios podem ser observados, tais como:

  • Aumenta a confiabilidade da segurança da informação e dos sistemas em termos de confidencialidade, disponibilidade e integridade;
  • Proporciona a orientação de investimentos de forma mais eficiente e focada no risco, em vez de basear-se somente em tendências;
  • Confere maior confiança aos clientes e parceiros ao oferecer mais segurança para seus dados, promovendo um aumento potencial na realização de novos negócios;
  • Permite que sua empresa demonstre conformidade e ganhe status de fornecedor preferencial;
  • Possui flexibilidade para adaptar os controles nas diversas áreas de interesse do seu negócio;
  • Permite a contínua identificação de oportunidades para melhorias;
  • Aprimora os sistemas de gestão, garantindo aumento na eficácia e no desempenho operacional da empresa.

É importante notar que, independentemente do ramo de atuação de uma empresa, ela sempre terá informações sensíveis que deverão ser protegidas de forma a garantir suas confidencialidades, evitando prejuízos financeiros ocorridos em caso de vazamento ou de perda desses dados.

Os principais desafios para conseguir a certificação ISO 27001

A implementação de novas normas, a exemplo da ISO 9001 (referente à qualidade de processo), entre outras, sempre causa um estresse natural em razão do trabalho que necessita ser desenvolvido, envolvendo diversas áreas e funcionários da empresa. Com a ISO 27001 não é diferente.

Dentre os principais desafios para a sua implementação, destacam-se:

  • Falta de envolvimento dos colaboradores: durante a fase de implementação, o envolvimento dos colaboradores será peça fundamental para o sucesso na obtenção da certificação, sendo a falta de engajamento um fator de risco para todo o processo. Portanto, é necessário um constante treinamento dos funcionários para que se mantenham sempre atualizados com o avanço da implementação e de suas responsabilidades;
  • Resistência a mudanças: a implementação da ISO 27001 acarretará mudanças de hábitos e de rotinas para a empresa, as quais podem gerar resistência de seus colaboradores, sendo importante o apoio da direção para que todos compreendam a importância da adoção das práticas de segurança e passem a colaborar para que o projeto funcione da melhor forma possível;
  • Escassez de tempo: em diversos momentos os colaboradores precisarão dedicar tempo para a implementação da ISO 27001, participando de treinamentos e de reuniões de direcionamento, sendo necessário, portanto, um planejamento adequado e que permita o bom desenvolvimento dos trabalhos, já que o dia a dia das empresas costuma ser bem atarefado e com pouco tempo livre disponível;
  • Levantamento das informações e demais ativos: como as informações costumam ser volumosas e particionadas por departamentos, o levantamento de tais dados, bem como dos ativos ligados à segurança, constitui um grande desafio às empresas, sendo, talvez, a parte mais difícil do processo.

Apesar dos desafios acima enumerados, a certificação ISO é um diferencial relevante aos negócios que desejam se destacar no mercado, bem como é um requisito que, invariavelmente, é avaliado por empresas e pessoas antes de fechar contratos. 

Afinal, é a certificação ISO 27001 que demonstra que existe uma legítima preocupação em manter e melhorar os próprios procedimentos, especialmente aqueles voltados à segurança da informação.  

Quais as outras normas da série 27000 da ISO?

A ISO 27001 faz parte de um conjunto de outras normas da série 27000, sendo a única, entretanto, que possui requisitos para a sua certificação, exigindo, ainda, um certificador acreditado — no caso do Brasil, a ABNT. 

Para além da ISO 27001, há outras normas importantes que merecem destaque:

  • ISO/IEC 27000: define a nomenclatura utilizada nas demais normas da série;
  • ISO/IEC 27002: estipula diretrizes e princípios gerais para implementar uma gestão de segurança da informação;
  • ISO/IEC 27003: guia de implementação da ISO 27001;
  • ISO/IEC 27004: monitoramento, medição, análise e avaliação;
  • ISO/IEC 27005: relacionada à gestão de riscos na segurança da informação;
  • ISO/IEC 27006: estabelece os requisitos para as empresas que prestam auditoria e certificação de sistemas de segurança da informação.

A ISO 27001, como já salientado, além de ser a única que exige um certificador acreditado, tornou-se a mais popular norma de segurança no Brasil, uma vez que o mercado tem compreendido cada vez mais o quão indispensável é demonstrar que a empresa preocupa-se com a implementação de gestão de riscos impecável. 

Que tipos de empresas devem investir em segurança da informação?

Qualquer que seja a empresa, desde as gigantes multinacionais até as PMEs (Pequenas e Médias Empresas), deve investir em segurança da informação e ter todo o cuidado com seus dados digitais armazenados, tendo em vista o constante aumento de fraudes e ataques virtuais.

A necessidade de se proteger se mostra ainda maior quando pensamos na transformação digital que tem levado as empresas a digitalizar, basicamente, todos os seus dados com o objetivo de facilitar o trânsito de informações, como, por exemplo, para assinatura de contratos.

Quais as vantagens de contratar uma empresa com a ISO 27001? 

Clientes, parceiros e fornecedores também obtêm benefícios quando contratam uma empresa certificada com a ISO 27001, uma vez que poderão confiar na forma pela qual serão tratados os seus dados.

Isso porque, como vimos, a implementação da norma demonstra o elevado compromisso da empresa certificada com a segurança da informação, que conta, portanto, com um padrão de gestão e de proteção aos dados garantido por uma entidade externa e idônea. Esse é o caso da Assertiva, que possui a certificação ISO 27001.

Se a sua empresa se preocupa com a forma como são tratados os seus dados e de seus clientes e com a garantia da privacidade e da segurança de suas informações, é importante que tenha fornecedores que compartilhem dessas ideias, de forma a mitigar riscos.

Nós acreditamos que segurança é um aspecto fundamental para qualquer negócio, portanto, além de primar pela implantação de procedimentos internos comprometidos com o tema ,também desenvolvemos ferramentas tecnológicas para aprimorar os resultados dos nossos clientes.

Conheça nossas soluções e, além de otimizar os resultados do seu negócio, garanta transações mais seguras, personalizadas e eficientes à sua empresa!

Você também pode gostar