O que é factoring ou empresa de fomento e como funciona?

Tempo de leitura: 6 minutos

Ainda se fala pouco sobre o Factoring no Brasil e a sua metodologia continua sob dúvidas de diversos empreendedores no país. O que não é tão difundido por aí é que o Factoring, nada mais é, do que uma forma de fomentar o mercado. Seu surgimento, na Europa dos séculos XIV e XV, continua sobre grande discussão pelo caminho que a profissão tomou. Antigamente, o Factor – o agente que era responsável por aplicar o Factoring nos comércios – era um profissional singular no mercado, uma vez que a metodologia era usada por um agente e não por uma empresa.

De forma bem prática, o agente mercantil simplesmente vendia mercadorias pertencentes a outras pessoas em troca de comissão, ou seja, funcionava como uma espécie de representante comercial que percorria as colônias oferecendo produtos. Com o passar dos anos, esse profissional passou a antecipar o pagamento para os fornecedores. Eles compravam o produto com um preço mais baixo para vender com uma margem de lucro maior. Após isso, o processo foi se modernizando e começou a funcionar da forma que conhecemos hoje.

Como conhecemos hoje?

Para quem ainda está com muitas dúvidas sobre esse tipo de negócio, saiba que factoring ou fomento mercantil é uma forma de impulsionar o desenvolvimento dos micro, pequenos e médios empreendedores. Com essa manobra, é possível proporcionar uma capitalização do negócio de forma facilitada por meio da compra dos créditos da sua venda a prazo.

Vamos exemplificar: pense naquele comerciante da sua cidade que tem uma loja de sapato na região central. Ele tem por costume realizar vendas a prazo para os consumidores através de um carnê. Neste método ele é responsável por toda a carteira financeira e pela cobrança mês após mês de cada parcela que venha a atrasar. Com o Factoring, esse problema não existe, uma vez que as empresas do ramo comprar esta carteira de clientes que esteja em atraso, ou não, e realizam todo o trabalho de cobrança.

Resumindo: uma empresa de fomento mercantil injeta/investe o dinheiro em uma empresa que trabalha com venda a prazo para que o empreendedor tenha uma margem de lucro maior e consiga ver novas possibilidades de crescimento. Lembrando que: uma empresa de factoring não se encontra em nenhum aspecto com bancos e outras instituições financeiras, uma vez que elas não oferecem empréstimos e nem concessão de créditos.

Quais são suas modalidades?

1 – Factoring Convencional

Esta é uma das formas mais praticadas aqui no Brasil. Ela se concretiza por meio de um contrato de fomento mercantil. Este contrato formaliza a aquisição dos direitos de créditos das empresas fomentadas.

2 – Factoring Maturity

Esta modalidade se resume em administrar as contas a receber da empresa que foi fomentada, ou seja, o empreendedor que é dono do crédito não precisa se preocupar com a cobrança das dívidas ativas.

3 – Factoring Trustee

É uma soma do convencional com o maturity. Ele administra as contas a receber da empresa que foi fomentada. Também exerce a função de gerenciamento financeiro.

4 – Factoring Exportação

Nesta modalidade a operação envolver exportação de bens ou serviços. A operação é intermediada por duas empresas de fomento mercantil que defendem os respectivos interesses das empresas situadas em cada país compreendido na transação.

5 – Factoring Matéria-Prima

Esta modalidade é como se a empresa de fomento mercantil atuasse como uma intermediária entre o cliente, a empresa fomentada e os seus fornecedores de matéria prima. O Factor paga, à vista, o fornecedor e ganha o direito futuro de receber o da contratante o reembolso do valor, além dos lucros colhidos da transformação desta matéria prima. Falando de forma de pagamento, o factoring pode ser dividido em dois tipo:

5.a – Factoring com recursos

É a modalidade em que o reembolso do valor adiantado é obrigatório, caso o devedor não honre com o compromisso. A empresa fomentada tem responsabilidade subsidiária;

5.b – Factoring sem recursos

Espécie na qual o risco do inadimplemento é todo do Factor, ele suporta sozinho as consequências da falta de pagamento.

Quais são as vantagens das factoring?

Por ainda se tratar de um assunto não tão bem difundido no nosso país, alguns empreendedores ainda ficam em dúvidas sobre quais são as vantagens de fechar um acordo com uma empresa de fomento mercantil. Um deles, que é o mais atrativo, é a antecipação do crédito, ou seja, o empresário recebe a vista pelas vendas realizadas a prazo. Em uma matemática básica, se você vendeu R$10.000,00 em vendas a prazo dentro de uma média de 7 a 10 meses, você levará um tempo até ter esse total no seu fluxo de caixa fazendo com que você não consiga planejar o crescimento do seu negócio.

Outra vantagem é que você deixa de lado o risco de entrar para a margem das empresas que contribuem para a taxa de inadimplência. Uma vez que você vende a sua carteira financeira de dívidas a prazo, a responsabilidade dela não é mais sua, ou seja, você não terá nenhuma dor de cabeça com a falta de pagamento do consumidor. E quando falamos em não ter dor de cabeça, uma vez que você vende o capital das suas vendas a prazo você passa a ter mais tempo para criar planos e traçar estratégias para o crescimento da sua empresa.

Vantagem também é igual a facilidade, então ter acesso facilitado a compra da sua matéria-prima ou do produto que gera a sua renda também é um dos grandes pontos positivos do Factoring. Ao optar pelo factoring o empreendedor tem a vantagem de comprar todo o material à vista, sem precisar retirar do seu caixa essa quantia imediatamente, quem paga ao fornecedor é a Factoring. E quando falamos sobre a compra à vista, também falamos sobre bons descontos e baixa incidência de juros, pois ao contrário do que acontece com os empréstimos bancários, nas operações realizadas pelo Factoring não incide cobrança de juros. O que ocorre aqui é a utilização do chamado fator de compra.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Se você gostou deste conteúdo sobre factoring, inscreva-se aqui em nossa newsletter e receba em primeira mão tas as novidades do blog 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *