3 formas de encontrar inquilinos inadimplentes

Tempo de leitura: 4 minutos

Para os corretores e imobiliárias que trabalham com a administração de aluguéis, os inquilinos inadimplentes são um dos principais problemas. Isso porque o atraso no pagamento gera o trabalho de cobrança e acaba ocupando o tempo que seria dedicado à prospecção de novos clientes.

A moradia é um dos direitos previstos por lei. Isso significa que existe uma série de regras que protegem os inquilinos e asseguram que não serão despejados ou que o proprietário possa solicitar a devolução imediata do imóvel. Por isso, mesmo nos casos de inadimplência, não é possível que o locatário seja simplesmente retirado da residência e, ao deixá-la, é muito comum que o contato entre o intermediador e a pessoa responsável pela locação seja perdido. Afinal, não é de interesse do devedor que o corretor responsável consiga contato com ele.

A dificuldade de encontrar um inquilino inadimplente é, sem dúvidas, um dos desafios na rotina de corretores imobiliários que intermedeiam locações. Para ajudá-los a resolver essa situação de forma mais simples e eficaz, separamos a seguir 4 formas localizá-los. Confira 😀

Como encontrar inquilinos inadimplentes?

1- Busque novas informações sobre o inquilino

No momento da locação muitos dados são recolhidos. Eles vão desde referências aos documentos pessoais do inquilino. Em casos onde o aluguel foi realizado há bastante tempo e os dados de contato já não são efetivos, o primeiro passo para encontrar um inquilino inadimplente é realizar uma atualização nos dados do cliente.

Com os dados cadastrais que informam o local de trabalho e referências pessoais, é possível realizar essa atualização manualmente. Porém, esse processo pode ser demorado e depende da cooperação de outras pessoas. Uma boa solução é o uso de ferramentas especializadas, que podem ser focadas em baixo ou alto volume. Um bom exemplo de ferramenta para os casos onde existem muitos locatários a serem localizados é o Base Certa. Já no caso de um volume pequeno, a melhor opção é a ferramenta Localize, que faz consultas unitárias.

2- Crie diferentes pontos de contato

A forma de contato mais conhecida para cobrança é através do telefone. Porém, esse método é bastante custoso, tanto em tempo quanto em dinheiro. Considerando que já não é interesse do locatário realizar o pagamento, optar por diferentes formas de contato pode auxiliar na recuperação dos valores.

Uma das formas mais eficientes de contato com inquilinos inadimplentes é através do SMS. Essa comunicação possui uma taxa de entrega que chega a quase 100% e pode levar a um contato através do site ou até mesmo direto ao Whatsapp. É possível adequar a comunicação de acordo com a estratégia e até mesmo de acordo com o tipo de imóvel alugado. Por se tratar de uma ferramenta com baixo custo, o SMS é uma ótima ferramenta para contatar também fiadores e possíveis referências. Nesses casos é necessários tomar bastante cuidado com o tipo de comunicação para que seja amigável e não gere problemas no futuro.

Separamos a seguir alguns exemplos de SMS. Confira:

  • [NOME] coloque seu aluguel em dia! Fale conosco https://goo.gl/
  • Queremos que voce fique livre de preocupacoes. Saiba como https://goo.gl/

DICA: Lembre-se sempre de incluir o nome do inquilino inadimplente e não utilizar caracteres especiais na mensagens como, por exemplo, acentos.

Além do SMS, outro meio de comunicação que pode ser bastante útil é o e-mail. Através de ferramentas de disparo, é possível agendar passos de cobrança automáticos. Uma boa dica é utilizar assuntos atrativos e não começar uma cobrança nesse ponto. Provocar um contato ativo do inquilino inadimplente é uma boa maneira de contatá-lo de forma mais fácil.

3- Utilize as informações cadastrais a seu favor

Ainda que as informações do cadastro de um inquilino inadimplente estejam desatualizadas, é possível usá-las para tentar localizá-lo. Os dados pessoais como: documentos, endereços e local de trabalho, podem ser bastante úteis para colher informações mais atualizadas de uma pessoa.

Através do CPF, é possível consultar, por exemplo, se existe algum tipo de veículo registrado em nome da pessoa e qual o endereço utilizado para licenciamento. Essa informação pode ser muito útil para localização e comunicação através de cartas, por exemplo.

Como evitar que um inquilino se torne inadimplente?

Apesar de essas serem formas bastante eficazes para encontrar inquilinos inadimplentes, é ainda melhor prevenir que esses casos aconteçam, não é mesmo? Por isso, se você é corretor de imóveis, confira aqui um artigo sobre como evitar a inadimplência e manter a sua de suas intermediações 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *