7 maneiras de lidar com a pressão no trabalho em um call center

Você sabe como lidar com a pressão no trabalho? De fato, esse é um desafio para a maioria dos profissionais contemporâneos, mas pode ser ainda maior para quem atua em call centers.

Como é responsável pelo contato direto com o público, os resultados desse setor são fundamentais para o crescimento empresarial. Tamanha relevância é refletida em exigências, metas e cobranças.

Se você está passando por isso, não se preocupe! Selecionamos 7 dicas que o ajudarão a trabalhar melhor a inteligência emocional de sua equipe para que ela desempenhe um bom trabalho. Confira!

Entenda por que a pressão em um call center não é uma boa estratégia

Liderar um time de call center é um desafio e tanto. Como o negócio depende de uma boa atuação desses profissionais, a falta de estratégias pode gerar um ambiente de trabalho estressante e desmotivador.

Ao contrário do que muitos gestores pensam, a pressão por resultados não é positiva para o andamento do setor. Pelo contrário, seus impactos podem ser devastadores e desencadear um alto turnover.

Dados recentes mostram que a rotatividade de funcionários no país é superior a 40% e que a área de Contact Center é uma das grandes responsáveis por essa realidade. Trata-se de um problema complexo e repleto de causas, mas o clima organizacional é um fator preponderante.

Obviamente, a solução não é deixar de cobrar o alcance das metas. Na verdade, são o despreparo dos gestores, a falta de acompanhamento das métricas de desempenho e a exigência acima do que é possível os fatores que mais prejudicam a performance dos funcionários.

Sem dúvidas, pressionar atendentes sem oferecer condições reais de trabalho não é uma boa estratégia. Isso só gera estresse, ansiedade, desmotivação e baixa produtividade. Pense nisso!

Confira 7 maneiras de lidar com a pressão no trabalho em um call center

Você é um gestor de call center e quer garantir um ambiente de trabalho harmônico e produtivo à sua equipe? Agora é a hora de aprender a alcançar esse objetivo!

Esqueça os velhos métodos, deixe de lado técnicas inadequadas e aprenda a reduzir a pressão no trabalho com as dicas valiosas que serão apresentadas a seguir. Está pronto? Acompanhe!

1. Elabore um sistema de metas alcançáveis

Uma boa meta precisa ser desafiadora, mas possível de ser alcançada. Pode parecer óbvio, mas muitos gestores não sabem definir os objetivos de curto, médio e longo prazo para sua equipe e acabam por prejudicar ainda mais o desenvolvimento do trabalho.

Por essa razão, sua primeira providência será analisar dados concretos e elaborar um sistema de metas coerente. Tenha em mente que é preciso tirar os funcionários da zona de conforto, mas as saúdes mental e física não podem ser afetadas por isso.

Trabalhar com metas pode deixar o trabalho mais motivador e estimulante. Para isso, a definição adequada daquilo que se espera de cada um de seus funcionários é essencial.

2. Estimule a interação entre os colaboradores

A comunicação interna é um elemento indispensável para a redução da pressão no trabalho. Ambientes empresariais em que o diálogo, o respeito e a ajuda mútua são incentivados são muito mais produtivos e eficientes.

Portanto, fique atento à maneira como sua equipe se relaciona e estimule a colaboração no dia a dia. Esteja disponível para sanar dúvidas, elogie, converse e mostre como as boas relações interpessoais favorecem a todos.

3. Aprenda a dar bons feedbacks

Um gestor de sucesso precisa aprender a dar bons feedbacks. Essa estratégia faz parte do processo de avaliação e de crescimento dos funcionários e ajuda na identificação de suas qualidades e deficiências.

Acompanhar os resultados individuais e dar um retorno sobre as metas alcançadas é tão importante quanto os demais fatores. Por isso, estude mais sobre o assunto, trabalhe sua comunicação e garanta que o feedback seja respeitoso, claro, produtivo e útil.

4. Automatize processos

A tecnologia é, sem dúvidas, um fator preponderante para a redução da pressão no trabalho. Não entendeu por quê? É simples! Quando o funcionário tem em mãos as ferramentas necessárias para desempenhar suas funções, alcança melhores resultados e sente-se mais motivado.

Dessa forma, a nossa dica é que você estude e invista em automatização de processos. Procure usar discadores automáticos, softwares de gestão, análise de dados e tudo o que estiver ao seu alcance.

Quanto mais moderno e automatizado for o setor, mais fácil será alcançar seus objetivos. A consequência disso é a conquista de um grupo feliz e engajado com o trabalho.

5. Treine sua equipe com frequência

A falta de treinamento pode contribuir para o aumento da pressão no ambiente de trabalho. Afinal, quando não sabemos como executar tarefas, podemos nos estressar, preocupar e ter o rendimento afetado.

Para evitar esses problemas, é importante treinar a equipe de call center com frequência, dando a ela condições de desempenhar um atendimento de qualidade e em pouco tempo.

Trata-se de uma estratégia com diversos benefícios. Além de melhorar o clima no setor, a empresa desfrutará de resultados mais significativos. Ou seja, um só esforço é capaz de trazer grandes vantagens!

6. Incentive a proatividade na resolução de problemas

Funcionários proativos fazem com que o setor funcione de maneira leve e produtiva. Apesar de o gestor ser uma figura de comando, é essencial que seus colaboradores se sintam aptos a tomar decisões e consigam solucionar questões simples sem a sua interferência.

As técnicas mais adequadas para alcançar esse objetivo são a valorização do funcionário e o incentivo à proatividade. Mostre que confia na capacidade de cada um deles e delegue tarefas, para que se acostumem a resolver os problemas.

Não seja vaidoso e autoritário. Um verdadeiro líder sabe que, sem um grupo capacitado e eficiente, seus resultados serão bem abaixo do esperado.

7. Use os dados a seu favor

Por fim, que tal aproveitar todo o potencial dos dados a favor do seu setor? Um call center pode ser muito mais produtivo com o apoio de informações atualizadas e completas sobre os seus clientes.

A ideia é manter seus cadastros atualizados e usá-los para garantir uma comunicação rápida e precisa com o público. Perder tempo buscando o telefone atual de um cliente inadimplente não é nada produtivo, não é mesmo?

Esperamos que as dicas apresentadas o ajudem a lidar melhor com a pressão no trabalho executado no call center. Lembre-se: esse é um problema que deve ser acompanhado de perto, e a postura do gestor é essencial para a redução do turnover e para o aumento do engajamento e da produtividade de sua equipe.

Aumente o desempenho do seu call center agora mesmo

Quer conquistar uma equipe de alta performance? Temos um material que pode ajudá-lo bastante com essa missão. Clique aqui para entender como a resiliência contribui para o bom desempenho no call center!

Deixe uma resposta