Conheça as principais carteiras de crédito imobiliário para oferecer ao seu cliente

Conheça as principais carteiras de crédito imobiliário para oferecer ao seu cliente
Conheça as principais carteiras de crédito imobiliário para oferecer ao seu cliente

A carteira de crédito imobiliário é uma quantia de capital selecionada para ser distribuída aos clientes. Trata-se de uma linha específica para oferecer para pessoas físicas que desejam adquirir, reformar ou construir unidades imobiliárias comerciais ou residenciais em nosso país.

Neste conteúdo, vamos explicar o que é essa carteira e quais são disponíveis no mercado. Além disso, apresentaremos alguns desafios que são encontrados na hora de escolher a opção que oferece o melhor custo-benefício e detalhes sobre eles. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Confira as principais carteiras de crédito imobiliário

Elas são oferecidas por diversas instituições financeiras que atendem à população brasileira e possibilitam a aquisição da casa própria. Inclusive, é possível utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em algumas situações específicas para complementar os valores ou dar uma entrada no financiamento. Veja a seguir detalhes sobre essas carteiras!

Carteira de crédito imobiliário

A demanda por imóveis é muito promissora no Brasil, já que existe um déficit habitacional muito grande e um número elevado de pessoas em busca de moradia. A carteira de crédito imobiliário é a principal linha de financiamento ofertada aos potenciais compradores de imóveis. Inclusive, há investidores do setor que analisam o cenário econômico e utilizam essa modalidade.

Carteira hipotecária

É usada por pessoas jurídicas ou físicas, pois se trata de um dos principais créditos imobiliários que as instituições financeiras realizam com a finalidade de promover a compra de imóveis. Ela é apropriada para compradores que visam à aquisição de unidades imobiliárias cujo preço ultrapassa R$ 500 mil.

Essa modalidade é interessante para quem deseja ser dono do imóvel, mas não se importa que a propriedade fique registrada em nome da instituição financeira até a quitação total do contrato. A unidade imobiliária será passada para o nome do comprador quando a dívida for quitada para reduzir as chances de inadimplência dos consumidores.

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

Foi criado em 1964 pelo Governo Federal para diminuir o déficit habitacional no Brasil, mas ainda gera muitas dúvidas para os brasileiros. Trata-se de um instrumento muito importante que permite à população de baixa renda comprar o imóvel próprio e ter acesso à moradia. Ele cumpre o seu papel há anos embora tenha recursos limitados.

As origens dos recursos do SFH são relacionadas aos montantes depositados nas contas vinculadas do FGTS e na caderneta de poupança. Os valores são usados para reformar, construir ou comprar uma residência. Por meio desse sistema, é possível financiar até 80% do valor total do imóvel desde que o seu preço não ultrapasse R$ 1,5 milhão.

Antes de fornecer o subsídio, a instituição bancária precisa fazer uma análise financeira para averiguar as condições financeiras do comprador. As prestações que serão pagas mensalmente não devem ultrapassar 30% dos seus rendimentos mensais na data da concessão do crédito. O pagamento tem o prazo máximo de 30 anos e conta com juros fixos mais a taxa referencial.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

Criado em1997, permite que as instituições financeiras realizem operações de financiamento de imóveis. É mais uma modalidade destinada a atender aos cidadãos brasileiros que desejam obter crédito imobiliário. Essa opção é flexível, pois não sofre a interferência do governo, não recebe subsídios e segue as condições do mercado.

Esse sistema é mais interessante para atender pessoas da classe média que visam à aquisição de imóveis bem localizados, contudo não têm condições de efetuar o pagamento à vista. A garantia que as instituições financeiras têm nessa modalidade é a alienação fiduciária, que permite a retomada do imóvel de forma rápida se houver inadimplência de 3 parcelas.

A propriedade do imóvel pertence ao banco até o pagamento da última parcela ou a quitação integral da dívida. O SFI é interessante para os investidores que pretendem fazer uma reestruturação financeira ou obter rendimentos mensais. Os seus recursos são captados dos bancos de investimento e dos fundos de pensão e não das poupanças ou do FGTS.

Compreenda a importância de fazer uma boa escolha

É muito importante optar pela carteira de crédito imobiliário que oferece o melhor custo-benefício e que ofereça diversas vantagens aos seus clientes. Uma empresa que é referência e que tem o reconhecimento da sociedade ajuda o cliente a escolher o sistema mais vantajoso. Veja a seguir por que essa escolha deve ser feita com cautela!

Rapidez e segurança

Uma consultoria oferece rapidez e segurança durante a realização do processo de contratação de crédito imobiliário. Ela se importa com quem precisa vender o imóvel e facilita a vida daqueles que desejam realizar o sonho de comprar a casa própria. Além do mais, uma empresa experiente fornece todas as orientações aos clientes para evitar arrependimentos.

Menos burocracia

Um bom consultor esclarece todos os pontos do financiamento imobiliário e auxilia para que o comprador descubra qual é a melhor opção para o seu perfil. A burocracia é eliminada e, após a contratação, o novo proprietário do imóvel recebe as chaves para utilizar o bem. Existem empresas que financiam até 82% do valor total da unidade imobiliária.

Prazo do financiamento

Os prazos dos financiamentos variam de acordo com a carteira de crédito imobiliário escolhida pelos clientes. As melhores opções financiam as casas ou apartamentos em até 360 meses e as unidades comerciais em até 240 prestações mensais. O contrato é emitido em apenas 24 horas após a solicitação do cliente e, juntamente a ele, é contratado o seguro contra danos físicos ao imóvel.

Uso da tabela SAC

As carteiras de crédito de garantia mais interessantes são aquelas que usam a tabela SAC para realizar a amortização das parcelas e a adaptação conforme o perfil do comprador. Uma empresa confiável analisa os documentos com agilidade, emite o contrato e faz o processo com o apoio de analistas que são especializados na liberação dos recursos.

Agora você já conhece as principais carteiras de crédito imobiliário existentes em nosso país. Saiba que é muito importante avaliar o custo-benefício de cada modalidade antes de fechar a contratação. Afinal de contas, um financiamento possibilita aos seus clientes a saída do aluguel, porém demora anos até ser completamente quitado, razão pela qual é necessário ajudá-los a fazer um planejamento financeiro.

Gostou deste conteúdo? Então, siga-nos no Instagram, no Facebook e no YouTube!

Você também pode gostar