Como evitar que seus clientes atrasem o pagamento?

A jornada com o cliente, desde o momento em que ele entra em nossa base até o momento em que ele tem acesso ao nosso serviço, por regra, deve ser algo recheado de satisfação e bom aproveitamento. Tanto para gente quanto para o próprio cliente. Para isso acontecer, nós devemos ter uma comunicação extremamente alinhada com toda a equipe e toda a empresa. Independente da área ou do setor, o cliente deve sempre ter a certeza que ele vai usufruir de tudo o que ela está pagando com a maior comodidade.

Porém, há um momento em que essa jornada pode começar a ficar desconfortável . Ainda não existe uma inteligência que nos dê dados corretos do real motivo pelo qual o cliente para de pagar pelo serviço contratado. No mundo da inferência, são os mais variados, porém no mundo da certeza, há vários dos quais nós não podemos controlar. A cobrança desse valor que ficou em aberto, com certeza, é a parte mais desagradável dessa jornada.

Neste momento você tem que ter certeza de que você também é a melhor empresa para realizar esta ação. Você precisa ser gentil, educado e mostrar que você está ali para oferecer as melhores soluções para que aquele problema seja resolvido. Mas, antes de você se preocupar com a cobrança pela falta de pagamento, por que não cuidar para que o cliente não deixe de pagar?

Como evitar que seus clientes atrasem o pagamento?

Cobrança Preventiva

Esse tipo de abordagem tem se tornado bastante comum no mercado, pois é nela que você consegue coletar as informações referentes a saúde financeira do cliente. De acordo com as metodologias aplicadas, essa ferramenta não é tão efetiva se aplicada por meios digitais. O que mais traz resultado são as ligações, pois é nela que você consegue questionar o cliente sobre os problemas que ele possa estar enfrentando.

Com um tom amigável e de quem está preocupado com o andamento do processo – sempre pergunte se está tudo bem e se o cliente está com alguma dúvida referente ao serviço -, consiga extrair informações sobre se ele tem a intenção de não pagar a fatura. Porém, lembrem-se: essa ferramenta é um pouco mais mecânica do que o normal, então você não vai conseguir aplicar em toda a sua carteira.

Clientes pequenos, com faturas de valor menor não precisam passar por esse processo, mas os clientes com faturas maiores e com histórico de atraso ou não pagamento são consumidores potenciais para passar por esse filtro. Essa metodologia te ajuda a mapear o perfil do seu atual cliente e traçar uma estratégia de como reduzir à inadimplência na sua empresa.

Automatização da cobrança

Quando falamos de automatização de processos estamos falando de mínima interferência humana. Isso não quer dizer que a máquina irá roubar o emprego do ser humano, mas que ela vai ser uma aliada e tanto para trazer mais resultados para a empresa. Pense: dispor de cinco colaboradores da sua empresa para olhar, de forma manual, as datas de vencimento das faturas e elaborar uma planilha de ordem crescente para que o time de cobrança comece os contatos.

Só de começar esse exemplo você já pensou na demora, no custo e na interferência que isso daria, não é mesmo?

Atualmente já existem diversas ferramentas que fazem esse trabalho e otimizam ainda mais os processos de cobrança das empresas. A automatização dentro do mercado de recuperação de crédito já é uma realidade, e os números de sucesso têm sido expressivos, o que nos mostra que contratar esse tipo de automação pode melhorar a produtividade da sua empresa.

Régua de cobrança

Já falamos sobre isso por aqui – e caso você queira ver novamente o artigo, basta clicar aqui -, porém sempre é bom reforçar. À régua de cobrança tem se tornado um grande aliado do mercado das empresas de cobrança, uma vez que você atinge o seu cliente com dívida ativa de forma fácil, ágil e por diversos canais.

Em linhas gerais, a régua de cobrança consiste em uma inteligência que vai entrar em contato com o devedor de forma periódica em critérios baseados no valor da dívida, score de propensão de pagamento e comportamento como comprador. Porém há diversas formas de você fazer uma régua de cobrança de uma forma mais simples, basta você ter uma ferramenta de e-mail marketing e disparo de SMS à sua disposição.

Com essas soluções você consegue desenhar a sua própria régua, além de criar suas próprias campanhas e começar a impactar o seu próprio cliente. A forma da utilização da ferramenta fica à seu critério, uma vez que você pode utilizá-la para uma cobrança preventiva ou para uma cobrança de dívidas ativas.

Inadimplência zero

Falamos muito sobre como combater a inadimplência, sobre como podemos automatizar esse processo, porém ainda há uma dúvida muito grande em torno do assunto inadimplência. Será que algum dia teremos uma taxa de clientes inadimplentes quase – ou perto – de zero?

Ainda não temos dados concretos de como fazer para se ter uma taxa de inadimplência muito baixa a ponto de que todos nós tenhamos uma saúde financeira em dia. Porém temos dados que nos mostram que à cada ano que passa, mais e mais consumidores são colocados na lista de negativados. Só esse dado já nos dá um panorama do que devemos fazer daqui para frente.

A taxa de inadimplência não diz respeito só sobre o cliente, mas também sobre a empresa, pois empresa sem receita é empresa que não cresce. Caso você queira saber mais sobre o universo das Assessorias de Cobrança, há algum tempo atrás fizemos um artigo com tudo o que você precisa saber. Clique aqui e veja.

Quer ver mais conteúdos como esse?

Caso queira receber mais conteúdos como esse e ficar por dentro do mundo do mercado de cobrança, clique aqui e baixe o nosso e-book, além de se inscrever na nossa newsletter.

Deixe uma resposta