Fraudes no Pix: saiba como proteger a sua empresa dos golpes

Fraudes no Pix
Fraudes no Pix

Com a difusão da solução tecnológica Pix, milhares de pessoas incorporaram essa ferramenta facilitada na hora de fazer transações bancárias. Porém, esse contexto também serviu de oportunidade para que golpistas desenvolvessem fraudes no Pix

Isso não significa que as empresas devam evitar o uso do Pix, pelo contrário, essa é uma realidade da qual os negócios precisam estar atualizados. 

Paralelamente, alguns cuidados são imprescindíveis para que o seu negócio e os seus clientes sintam-se seguros ao usar o Pix e é sobre isso que você vai descobrir neste artigo.

O que é o Pix

O Pix é uma forma de pagamento digital muito facilitada e ágil. A pessoa física ou jurídica cria uma chave Pix, que automaticamente conecta um termo específico aos dados de uma conta bancária ou de uma carteira digital. A chave Pix pode ser o CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou algo aleatório. 

Essa tecnologia acelera as transações bancárias porque não há necessidade de informar e de inserir uma série de dados financeiros. Basta o uso de um simples termo para já efetuar a transferência bancária. 

Conforme dados do Banco Central, em março de 2021 existiam aproximadamente 200 milhões de chaves Pix ativas, estatística que superou os 420 milhões em março deste ano. Com um volume tão grande de operações, não é de se estranhar o surgimento de golpes envolvendo o Pix, o que requer muita cautela dos usuários. 

Os esquemas de fraudes mais comuns no Pix

Fique atento aos principais tipos de armadilhas envolvendo o Pix: 

Falsos funcionários

Nessa espécie de golpe, a vítima é contatada por alguém que se passa por um funcionário de alguma instituição financeira, oferecendo auxílio para cadastro da chave Pix. Em seguida, o golpista afirma que é necessário fazer um teste do cadastro, levando a vítima a fazer uma simulação de transferência. Na verdade, a transferência é real, porém em favor do criminoso. 

Cadastro da chave

Pessoas má intencionadas encaminham mensagens e e-mails, com um link, solicitando cadastro em nome de um banco. Ao acessar o endereço eletrônico, a pessoa é encaminhada a um site falso e todos os seus dados são roubados com o cadastramento.  

Código ou QR Code falso

Os falsificadores adulteram o código ou o QR Code de pagamento e o valor acaba sendo transferido para uma conta diferente. Ou seja, a vítima é levada a fazer uma transferência ou pagamento para pessoa distinta daquela que pretendia. 

Comprovante falso

O golpista entra em contato com a vítima, afirmando que, por um descuido, fez um depósito em sua conta corrente. Em seguida, encaminha um comprovante falso e pede para que seja feito um Pix em favor do criminoso, na mesma quantia, para sanar o suposto equívoco. 

Como sua empresa pode evitar prejuízos com esses golpes

A despeito da criatividade dos fraudadores, é possível manter a sua empresa protegida, desde que algumas medidas sejam implementadas: 

  • Se for enviar um link de pagamento, em conjunto forneça os dados do titular da conta; assim, o cliente poderá conferir as informações; 
  • Certifique-se que a chave Pix usada para pagamentos de vendas seja de fácil identificação e esteja atrelada ao nome da empresa. Além de evitar erros de digitação, o cliente se sentirá mais seguro ao constatar o destinatário do valor; 
  • Use chaves Pix em contas de pessoa jurídica, uma vez que os consumidores sentem-se mais confiantes ao confirmar o depósito em uma conta em nome da empresa; 
  • A confirmação da transferência deve se dar pelo recebimento do comprovante alinhado à verificação da quantia na conta bancária. Só depois disso deve ser efetuada a venda.  

Como orientar os clientes para evitar que caiam nessas fraudes no Pix

Além de medidas internas no seu negócio, é importante que você oriente os seus clientes para que tenham certos cuidados na hora de utilizar o Pix, tais como os seguintes alertas: 

  • Certifique-se que o Pix será feito conforme a chave informada pelos canais de comunicação oficiais da empresa. Isso evita o uso de dados de um perfil falso; 
  • Desconfie ao máximo de links enviados em quaisquer tipos de mensagem —  e-mails, WhatsApp, redes sociais, SMS etc. — que levam a um cadastro de chave; 
  • Faça transações via Pix somente no aplicativo ou no internet banking da sua instituição financeira;
  • Se receber um link para efetuação do pagamento, antes de confirmar a transação, confira todos os dados do beneficiário do depósito ou do pagamento.

Além dos cuidados acima, é essencial que você tenha uma comunicação direta com o seu cliente, alertando-o constantemente sobre os perigos atrelados às transações. 

Oriente o seu consumidor a nunca realizar operações financeiras em casos de suspeita. Ainda, que sempre entre em contato com a empresa, principalmente para assegurar-se da veracidade de mensagens eventualmente recebidas. 

Como agregar novas tecnologias para blindar a sua empresa contra fraudes?

Inovações no mercado, infelizmente, sempre são acompanhadas de técnicas aprimoradas de aplicação de golpes. Apesar das fraudes no Pix, a sua empresa não pode ficar de fora dessa tecnologia de pagamento digital. 

Pensando nisso, é fato que ter um negócio seguro e blindado é essencial para quem deseja atuar em um mercado cada vez mais competitivo e ameaçador. Para isso, além de implementar medidas, como as acima exemplificadas, é importante investir em soluções tecnológicas de segurança. 

A tecnologia de biometria facial é uma grande aliada para prevenir fraudes na sua empresa, inclusive fraudes no Pix. 

Essa solução garante, por meio da leitura dos traços da face, a veracidade dos dados informados pelo seu cliente, além de que se trata de uma pessoa real. 

A biometria facial conta com um software capaz de identificar e de fazer uso de centenas de pontos nodais da face. Esse mapeamento traça uma comparação entre o rosto, a imagem do documento e um banco de dados, resultando em um parâmetro de assertividade.

Com essa inteligência artificial, o seu negócio será capaz de  evitar fraudes de identidade, controlar acessos, otimizar processos, dentre outras vantagens. E tudo por meio de uma tecnologia segura e acessível. 

Ficou interessado? Convidamos para que saiba mais do assunto no nosso artigo sobre o tema. Descubra como a biometria facial é uma aliada na prevenção de fraudes na sua empresa. 

Você também pode gostar