O que os clientes esperam do bom Corretor de Imóveis?

O que os clientes esperam de um bom corretor de imóveis
O que os clientes esperam de um bom corretor de imóveis

Sabemos que trabalhar com corretagem de imóveis é um desafio e tanto, pois a luta para fechar um negócio é diária e nem sempre o desfecho é positivo. Por isso, o profissional do ramo imobiliário precisa estar constantemente atualizado.

Porém, além dessas frequentes atualizações tecnológicas e de legislação, existem alguns pontos que bons corretores que desejam se destacar no mercado precisam levar em consideração.

Mas como se tornar uma referência nesse meio tão disputado? Continue a leitura e fique por dentro do que você precisa saber para se tornar uma referência e, consequentemente, conquistar ainda mais clientes!

Tempo de resposta

Esse é um ponto que mostra respeito e atenção máxima ao seu principal ativo: o cliente. O corretor de imóveis precisa colocar em mente que todo cliente é importante. Independente se ele vai fechar ou não com você, é fundamental que o cliente seja bem atendido.

Não existe um ‘time’ certo para esse tempo de resposta, mas o bom senso precisa estar ligado nesses momentos.

Digamos que um prospect (pessoa que mostra intenção de compra) tenha entrado em contato no início da semana, em uma segunda-feira. A pessoa visita a imobiliária e diz que está interessada em comprar um imóvel no centro da cidade. Ela busca com o corretor informações complementares do próprio imóvel, da região, etc.

Na sequência, antes de ir embora, ela permite passar todas as suas informações mas não deixa claro se quer marcar uma visita para conhecer o local. Mesmo que ela não tenha indicado isso, o corretor imobiliário tem seus dados e pode entrar em contato em breve para seguir com atendimento.

Neste caso, o profissional da imobiliária pode apresentar na mesma semana, por exemplo, outros locais que podem ser do interesse do cliente e, desta forma, continuar o relacionamento sem ser chato. Inclusive, é uma boa dica perguntar se ela gostou ou não da primeira proposta e tentar entender os motivos para um eventual desinteresse.

Mas imagine a seguinte situação: o corretor deixou passar uma, duas ou três semanas e não deu nenhum sinal de vida. Você acha que esse cliente ainda vai se lembrar do corretor?

Para evitar isso, ter um bom CRM (Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente) será crucial para fechar mais negócios. Assim, além de deixar registrado todo tipo de contato online, a ferramenta armazena todas as informações sobre quem entra em contato com a imobiliária.

Percebe como atos simples podem fazer toda a diferença?

Torne-se um especialista no assunto

O bom corretor de imóvel não trabalha com hipótese ou achismo. O profissional do ramo imobiliário precisa entender muito bem do assunto para que o cliente compre a sua ideia. Isso porque os clientes buscam no corretor a fonte de informação necessária para alcançarem seus objetivos de vida.

Os clientes querem e precisam saber de tudo. As indagações são desde aspectos técnicos, oportunidades de investimento, tendências e financiamentos, sendo este último tema um dos mais comentados. Por isso, o corretor de imóveis deve de estar preparado para tais perguntas.

Mas por que você precisa se tornar um especialista no assunto?

Principalmente porque, agindo desta forma, o corretor estará pensando no cliente. Assim, as chances de frustrar o interessado serão mínimas, aumentando a possibilidade de o cliente te recomendar para amigos, parentes e conhecidos.

Seja proativo

Esta é uma das qualidades que os corretores de imóveis precisam ter. Aliás, é necessário ser proativo o tempo todo. Até porque os proprietários que querem vender ou comprar um imóvel não possuem o conhecimento completo para tal.

Em função disso, o profissional do ramo imobiliário tem que estar atento a todos os detalhes e dar ‘sacadas’ importantes para o seu cliente. Assim, o melhor dos cenários, se por exemplo o corretor ainda não tiver experiência ou bagagem para isso, é estudar, estudar e estudar o mercado.

Com isso você terá grandes chances de convencer seu cliente de que você é a melhor opção para ele realizar o negócio.

Seja um facilitador

O proprietário que quer vender ou alugar um imóvel não tem todo o tempo do mundo para realizar as etapas para fazer o negócio. E é aí que entra o corretor de imóveis.

É o profissional que precisa ‘entrar em campo’ e fazer a jogada certa para balançar as redes. Agora, caso o intermediário não esteja 100% ligado no atendimento ao cliente sendo um facilitador, o dono do imóvel vai procurar a concorrência.

Mantenha-se bem informado

Além de ficar atento às dicas que passamos, é muito importante se informar sobre tudo que engloba a legislação do mercado imobiliário. E por que isso é importante?

Além de sanar as principais dúvidas dos prospects ou clientes, você estará preparado para responder qualquer tipo de questão sobre aluguéis, compra ou venda de imóveis.

Por isso, nossa dica para quem deseja se tornar um bom corretor de imóveis e a leitura do e-book “Lei do Inquilinato: tudo o que o corretor de imóveis precisa saber”. Nele, abordamos os principais pontos da legislação que podem representar “ciladas” nos contratos de locação. Baixe agora:

Ebook lei do inquilinato


2 comentários
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar