Onboarding Digital: o que é e como funciona

Onboarding Digital - O que é e como funciona

O onboarding digital é uma estratégia de digitalização da jornada de clientes, parceiros e fornecedores.

Ele permite a automação de partes ou de todo o processo de coleta, filtragem, verificação, armazenamento e gestão das informações relacionadas a essas pessoas físicas ou jurídicas.

A expansão do acesso à Internet para mais pessoas, o surgimento de novas tecnologias e o avanço do home office e do isolamento social também são fatores que ajudaram a tornar o onboarding digital parte do dia a dia de milhões de pessoas e empresas.

Você pode ver o onboarding digital em ação quando abre uma conta em um banco digital, por exemplo, ou quando contrata um empréstimo online em uma fintech que tem seus processos digitalizados. Ele pode ser visto em empresas como:

  • Fintechs
  • Laboratórios
  • Imobiliárias
  • Seguradoras
  • Planos de saúde
  • Escolas e faculdades
  • Financeiras

Se a empresa tem um processo automatizado de coleta de documentos, validação e cadastro de informações de maneira digital e autônoma, já podemos dizer que ao menos parte do processo de onboarding dela foi digitalizado.

Como evitar fraudes no onboarding digital

A possibilidade de fraudes em um modelo de onboarding digital é certamente uma das barreiras que algumas empresas enfrentam na hora de optar por dar esse passo na transformação digital.

Esse tipo de fraude pode ser combatido em geral com uma abordagem de quatro passos:

  1. Validação do documento de identidade da pessoa;
  2. Uso de uma selfie tirada na hora – não um upload de imagem;
  3. Liveness Detection – determinar se a pessoa que está diante do dispositivo móvel é uma pessoa real ou uma imagem;
  4. Uma vez que a prova de vida seja válida, dar um match entre a selfie e a imagem no documento de identificação.

Essa estratégia visa garantir com o máximo de precisão possível, através de um score, que a pessoa que está realizando o onboarding é ela mesma, que é uma pessoa viva e que os documentos apresentados são dela.

Assim, é possível decidir com o uso do score de maneira automática se o onboarding prossegue ou não.

As etapas do onboarding digital

A quantidade e os tipos de passos necessários para a realização do onboarding digital acabam variando de acordo com a necessidade da jornada do cliente e o tipo de estratégia e ferramenta utilizada.

Em alguns casos, apenas uma foto de um documento e uma selfie são o suficiente. Já em outros, nos quais é necessário mais segurança ou mesmo evidências jurídicas, pode ser interessante empregar etapas de prova de vida com score e assinatura eletrônica com carimbo de tempo.

Captura de RG ou CNH: é a etapa na qual o cliente tira uma foto do documento de identificação. Essa etapa é importante caso seja necessária a validação do documento em bancos de dados, a validação de identidade, a prova de vida ou a extração dos dados através de OCR – Optical Character Recognition.

Extração de dados: é a etapa na qual os dados são extraídos dos documentos através do uso de OCR. Essa tecnologia permite extrair informações como nomes, datas, descrições, validades etc.

Captura de selfie e validação de identidade: a validação ocorre através de uma comparação entre a selfie da pessoa e a foto do documento.

Além disso, pode ser realizada uma prova de vida, ou liveness detection, na qual uma selfie sorrindo é avaliada com o uso de inteligência artificial para determinar se a pessoa das imagens é uma pessoa viva. E

ssa tecnologia é criada para detectar tentativas de fraudes (das mais diversas) nessa etapa do processo.

Descubra como o reconhecimento facial auxiliar o processo de onboarding digital na sua empresa
Descubra como o reconhecimento facial auxiliar o processo de onboarding digital na sua empresa

Atribuição do score de precisão: essa é uma etapa na qual é atribuído um score de precisão para três informações diferentes, que são basicamente documento, identidade e vida. Um score para validar se o documento é válido, um score para determinar se o documento é da pessoa da selfie e um score para determinar se a pessoa que fez o teste de prova de vida está viva diante do dispositivo móvel.

Coleta de documentos: em alguns casos faz parte do processo de onboarding a coleta de documentos que não são necessariamente RG e CNH. Podem ser, por exemplo, contrato social, comprovantes de endereço etc.

Assinatura de contratos: ainda no processo de onboarding pode ser necessária, como no caso de abertura de contas ou matrículas em escolas e cursos, a assinatura de um contrato de adesão, ou o aceite digital. Essa assinatura é geralmente reforçada com o uso de um carimbo de tempo, que garante a integridade e irretroatividade dos documentos assinados.

Entrega das informações: nessa fase do processo, os dados cadastrais, de score ou outras informações do cliente, colaborador ou parceiro de negócio, são entregues para pessoas ou plataformas que precisam ser notificadas ao final da jornada de onboarding.

Vantagens do onboarding digital

O onboarding digital é uma estratégia que acarreta em diversas vantagens para as empresas que conseguem adotá-la de maneira integral com o uso da tecnologia e processos ágeis. Dentre as principais vantagens, podemos destacar:

  • Acelera a aquisição de clientes;
  • Melhora a satisfação dos clientes;
  • Torna mais ágil o onboarding;
  • Mitiga o risco de fraudes;
  • Reduz erros humanos;
  • Integra processos e ferramentas.

Conheça o Assertiva Autentica!

O Assertiva Autentica é uma ferramenta de construção de jornadas digitais e biometria facial utilizada para validar a identidade de pessoas, formalizar propostas e evitar fraudes.

Se a sua escola, faculdade ou mesmo curso livre tem problemas com clientes que não reconhecem contratos, fraudes documentais ou outros tipos de contenciosos, o Assertiva Autentica pode ser uma ótima solução para os seus desafios!

Quer saber mais sobre essa ferramenta? Clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar