Sistema antifraude: como proteger a sua empresa

Sistema antifraude: como proteger a sua empresa
Sistema antifraude: como proteger a sua empresa

Não é novidade que a pandemia da Covid-19 acelerou a digitalização de serviços no último ano. Proporcionalmente ao crescimento de consumidores digitais, os fraudadores não têm medido esforços para aplicar golpes e, portanto, investir em um sistema antifraude é imprescindível para a manutenção do seu negócio. 

Uma pesquisa revelou que, levando em conta os 4 primeiros meses do ano de 2021 em comparação a 2020, o Brasil teve um aumento de 53% nas tentativas de fraude em todos os setores de serviços. Para que se tenha ideia do quão grave é a situação do país, no mundo esse aumento foi de 24% — menos da metade.

Para proteger os ganhos financeiros do seu negócio, neste artigo você vai descobrir o porquê e como as soluções antifraude devem ser implantadas para blindar a sua empresa e os dados de seus clientes.

O que é um sistema antifraude

Em outubro de 2018, a Wordpay indicou que 73% dos brasileiros usavam o cartão de crédito em compras pelo smartphone. Paralelamente, o onboarding digital é um movimento crescente de digitalização das relações com clientes e parceiros. Ou seja, a inserção de dados pessoais na internet é um caminho sem volta. 

Por mais que a política de privacidade do seu site seja divulgada antecipadamente e submetida à concordância do usuário, remanesce a questão: como a empresa pode garantir a segurança própria e de seus clientes?

Afinal, o risco de vazamento de dados é uma preocupação legítima com a entrada em vigor da LGPD

A resposta é simples: adquirindo uma solução antifraude. 

Nesse contexto, o sistema antifraude é uma ferramenta de inteligência artificial capaz de mapear os riscos de uma transação digital, informando à empresa — independentemente de qual setor — sobre a possibilidade da transação ser um golpe. 

Assista agora mesmo ao webinar Prevenção a Fraudes e descubra como um sistema antifraude melhora os resultados da sua empresa
Assista agora mesmo ao webinar Prevenção a Fraudes e descubra como um sistema antifraude melhora os resultados da sua empresa

Tipos de fraudes mais comuns

Muito além das vendas diretas, vendas online e dos serviços financeiros, os golpistas estão atentos a como praticar fraudes contra todos os segmentos de empresa e, apesar da criatividade dos criminosos, os principais tipos de fraude são: 

Dados furtados

Os infratores têm acesso a dados pessoais pela criação de um site falso. A partir disso, praticam diversas transações em nome de outrem, como compra de produtos, abertura de contas e pedidos de empréstimo. 

Autofraude e fraude amigável

O pagamento de uma operação é efetuado pelo cartão de crédito próprio ou de um conhecido, contudo, em seguida é solicitado o estorno sob a falsa alegação de não reconhecer a compra ou não recebimento do produto. O lojista arca com a inadimplência e o prejuízo da mercadoria. 

Falsificação de documentos

Os fraudadores confeccionam documentos ilegítimos em nome da vítima, utilizando-os para abrir linhas telefônicas, empresas fantasmas, contas bancárias etc. A vítima, geralmente, tem o seu CPF negativado e as empresas não conseguem executar as dívidas.

Vendas online

Os golpes de e-commerce geralmente consistem na clonagem de sites de vendas famosos e oferta de promoções fictícias, o que leva os consumidores a adquirir bens que jamais serão entregues. 

Em quais momentos o sistema antifraude deve entrar em ação

O sistema antifraude processa as etapas de uma transação de acordo com as suas especificidades. Isso significa que, de acordo com as regras de um negócio, são criadas ferramentas inteligentes que mapeiam riscos em cada fase da operação. 

Os mecanismos antifraude podem ser usados em: 

Abertura de contas 

É possível validar a identidade do cliente (mediante consulta em banco de dados), além de garantir uma prova de vida e efetivar o aceite no contrato firmado. 

Identificação de fraudes de identidade

Com a biometria facial, são evitadas fraudes de diversas espécies, uma vez que se verifica — logo no início do atendimento — a identidade da pessoa. Isso permite verificar se o cliente é realmente quem ele diz ser e evita futuros prejuízos. 

Assinatura de contratos à distância 

Com a verificação de identidade previamente realizada, é possível assinar contratos digitais com validade jurídica e com informações completas para enfrentar possíveis contestações (como nos casos da autofraudes). Um exemplo é a indicação da hora e do local onde o cliente fez o aceite do contrato através do denominado carimbo do tempo. 

Confirmação de entrega e de conclusão de serviço

Para evitar futuros questionamentos, uma solução antifraude é validar quem, quando e onde foi recebida a entrega ou concluída a prestação do serviço. 

Plataforma antifraude ajuda a diminuir golpes contra a empresa
Plataforma antifraude ajuda a diminuir golpes contra a empresa [Imagem: Freepik]

Como as plataformas antifraude funcionam 

A plataforma antifraude sempre tem algum tipo de integração com o sistema do seu negócio. Quer dizer que, a critério da empresa-cliente, as verificações são automatizadas e não precisam passar pelo crivo de um time. 

Os critérios de análise de risco são feitos de acordo com a necessidade do negócio e do grau de tolerância estabelecido para cada operação. 

Pode ser, por exemplo, que pelo valor agregado, a sua empresa exija um score de fraude elevado; logo, a plataforma antifraude vai ser programada para bloquear ou pausar os trâmites com o seu consumidor caso não seja atingido o score mínimo. 

A aprovação/reprovação instantânea é facultativa, já que alguns negócios possuem um time de análise de risco. Portanto, o sistema antifraude contratado pode tanto gerenciar toda a transação de forma automatizada, bem como remeter, em etapa pré-determinada, a análise das condições por um ser humano. 

A biometria facial é um exemplo de sistema antifraude que funciona pelo reconhecimento de centenas de pontos nodais da face e garante uma assertividade de até 99%. O processo ocorre, geralmente, em três etapas: 

O software de reconhecimento facial utiliza algoritmos e estabelece padrões comparativos entre a face humana, a imagem do documento e uma base de dados, com o fornecimento de uma pontuação que indica a probabilidade do rosto ser daquele indivíduo. 

O importante é ter em mente que os sistemas antifraude devem se adequar às necessidade dos negócios, e não o contrário. 

Por que investir em um sistema antifraude? 

Pode parecer óbvio, mas a equação é bastante simples: menos fraudes, mais dinheiro. Os ganhos financeiros do seu negócio somente são garantidos se buscar por soluções que inibam práticas fraudulentas. 

Além disso, deve-se dar destaque às seguintes vantagens: 

  • Rapidez no atendimento ao cliente, principalmente com a diminuição do tempo de resposta sobre a aprovação ou não do pedido;
  • Diminuição nos custos da mesa de análise, já que a tecnologia aumenta a produtividade, com a análise apenas de processos com algum tipo de ocorrência;
  • Automatização de processos e delegação da responsabilidade pela segurança das operações a uma empresa especializada; 
  • Captação legal dos dados dos clientes para formulação de estratégias de marketing; 
  • Redução dos custos de logística, em razão de cancelamento de operações ou do envio de contratos físicos. 

Como escolher uma plataforma antifraude?

Na hora de escolher a empresa especializada para implantar a plataforma antifraude que mais tem a ver com o seu negócio, tenha atenção:

  • à possibilidade de “double check” em casos suspeitos;
  • a não submeter os consumidores a situações constrangedoras;
  • à compatibilidade com os meios de pagamento ou de abertura de contas do seu negócio;
  • à capacidade de mensurar os riscos de acordo com uma base de dados;
  • à validação de identidade do seu cliente. 

O seu negócio não pode ignorar a crescente cultura fraudulenta e o sistema antifraude é a chave para impulsionar os seus lucros, conquistar mais clientes, suprimir as inadimplências, validar as identidades dos envolvidos e proteger os seus dados e de seus consumidores.  

A Assertiva oferece soluções ágeis e fáceis de extração de dados de documentos (OCR), de localização de incoerências e de validação de identidade por meio de biometria facial.

E o melhor: tudo mediante uma tecnologia acessível e compatível com o tamanho da sua empresa. Conheça a Autentica, solicite uma demonstração gratuita e tenha um negócio mais próspero e seguro!

Você também pode gostar